Em reunião, Rui pauta 7 itens para bancada baiana no Congresso

         



Na manhã desta segunda-feira (8), o governador Rui Costa (8) se reuniu com deputados federais e senadores e discutiu interesses da bancada baiana no Congresso. Segundo o deputado federal Nelson Pelegrino (PT), o encontro foi além da discussão de votar contra ou a favor da Reforma Tributária. "São projetos que se forem aprovados serão muito mais importantes para o financiamento do regime próprio da Bahia. A gente sai com esta agenda da Lei Kandir que são quase R$ 4 bilhões de crédito. O bônus da sessão onerosa que podem gerar mais R$ 2 bilhões para a Bahia, tem os royalties da União. A questão da prorrogação dos precatórios, a aprovação da lei que dá oportunidade ao Estado de terceirizar a cobrança de suas dívidas e o Plano Mansueto, que é um PLT", afirmou o parlamentar ao BNews.

Segundo o petista, "essa é a agenda dos governadores e a agenda prioritária da Bahia". "Nós saímos com esta agenda para trabalhar no Congresso. A Previdência, o governador disse que não é contra a inclusão dos estados e municípios, mas nos termos em que a coisa está hoje os ganhos para a Bahia são em torno de R$ 40 millhões. É muito pequeno o ganho da Bahia. A prioridade da agenda do governador para com a bancada são estas", disse.

Reunião
A reunião, de portas fechadas, começou por volta das 9h. Nove deputados faltaram ao encontro e permaneceram em Brasília. Itens discutidos:
1 - Fim da Lei Kandir
2 - Governo Federal pagará R$ 4 bilhões referentes à Lei Kandir
3 - Bônus de Assinatura
4 - Royalties
5 -Pagamento de precatórios
6 - Aprovação do PL 459/2017
7 - Plano Mansueto
*Do Bnews