Jovens de comunidades quilombolas são preparados para o mercado de trabalho em Simões Filho

         



A esperança e a oportunidade de trabalho acalentam os sonhos de 20 jovens das comunidades quilombolas de Palmares, Pitanga de Palmares, Dandá e Fazenda Baixão, em Simões Filho. O Programa Jovem Aprendiz da empresa Naturalle selecionou os participantes, que terão aulas teóricas e práticas, diárias, sobre temas como educação ambiental, postura profissional, rotinas administrativas, português e raciocínio lógico.

 

De acordo com a assistente social da Naturalle, Hilda Mello, acompanhada da professora Gildélia Reis, além de educação e preparação para o mercado de trabalho, os jovens aprendizes receberão uma bolsa mensal de meio salário mínimo. As aulas acontecerão no Centro Comunitário Nossa Esperança, em Palmares.

 

O jovem aprendiz Wellington dos santos, 19 anos, morador de Pitanga de Palmares, espera se qualificar para o mercado de trabalho e atuar na área administrativa. “Os jovens daqui da comunidade nunca tiveram esse tipo de oportunidade. Vamos agarrar essa chance com todas nossas as forças”, comenta.

 

Já Lívia Araújo, 20 anos, moradora de Palmares, disse que foi Jovem Aprendiz e que a experiência foi muito enriquecedora. Com a nova bolsa do programa, ela revela que deseja crescer na empresa e ser efetivada, além de fazer Faculdade de Administração e se aperfeiçoar nessa área.

 

Os 20 novos bolsistas selecionados pela Naturalle passaram por uma seleção que envolveu 59 jovens da região.