BAHIA VENCE O VASCO E CALA O SÃO JANUÁRIO

         



Por Zédejesusbarreto
Um segundo tempo coletivamente, estrategicamente primoroso, um golaço do artilheiro Gilberto e o Bahia venceu o Vasco da Gama no santuário de São Januário/Rio, arquibancadas cheias, ótimo resultado. Um Tricolor com aspirações mais altas, sem dúvidas, muito bem treinado, amadurecendo a cada jogo e sabendo o que quer.

Com o resultado, o Bahia chegou a 30 pontos ganhos e está no 6º lugar na tabela de classificação. É para comemorar.

 

*

Pré-jogo

- Casa cheia no tradicional São Januário, casa vascaína, feriado do 7 de setembro, 11h, manhã limpa de sol e calor no Rio de Janeiro. Abertura da 18ª rodada.

- O Bahia com sua camisa Tricolor. O Vasco com camisetas brancas.

 

*

Com a bola rolando ...

- Muito barulho dos vascaínos nas arquibancadas, começo de jogo corrido, equipes ofensivas. Erros na saída de bola da defesa–ataque, ambos os lados. O time da casa joga mais no campo adversário. Poucas finalizações.

- Por volta dos 25’, a primeira boa defesa de Douglas, numa bola espirrada entre Nino e o atacante Clayton (ex-Bahia). Aos 40’, Felipe Bastos chutou por cima uma falta da entrada da grande área. O Tricolor até chegou, aqui e ali, mas pouco finalizou, agrediu pouco.

Uma primeira etapa de muita transpiração, até pelo calor, e pouca inspiração. Muitas faltas e muitos passes errados. O Vasco foi um pouco melhor.

*

- O Tricolor voltou dos vestiários mais solto, arriscando um pouco. Isso deixou o jogo mais aberto, também melhor de ver. Um Bahia melhor.

- Gol ! 1 x 0 Bahia ! Nino Paraíba, aos 12 minutos, depois de boa tabela com Gilberto e bate-rebate da defesa carioca.

- Com o gol sofrido, em casa e com o apoio da torcida, o Vasco foi todo pra cima, pondo velocidade, fazendo pressão.

- Gol ! Golaço de Gilberto ! 2 x 0 Bahia. Bola esticada na direita, Gilberto ganhou na velocidade e bateu de primeira, forte, pelo alto, encobrindo o goleiro. Gol de artilheiro. Aos 17 minutos.

- Com o placar, um Bahia mais assentado, tentando controlar as ações, senhor do jogo. Um Vasco afoito e sentindo agora a pressão do torcedor. Aos 35’, saiu Elber e entrou Arthur Caíke. Aos 38’, saiu Lucca e entrou Guerra. Aos 41, Fernandão no lugar de Gilberto.

- Os atletas cariocas nervosos com o tempo passando, arriscando nas bolas alçadas, abrindo-se inteiro; o Bahia suportando bem e perigando ampliar nos contragolpes, consciente.

*

Destaques

- Primorosa partida de Nino Paraíba. Muito seguro o zagueiro Juninho. Bem Moisés. Grande exibição de Flávio. E ... Gilberto ! Que golaço ! Infernizou a defesa carioca.

*

Escalações

- Vasco da Gama : Fernando Miguel, Pikachu, Henriquez, Castan e Henrique (Danilo Barcellos); Felipe Bastos (Gabriel) , Raul e Marcos Jr; Rossi, Marrony e Clayton (Ribamar). Treinador, Wanderlei Luxemburgo.

- Bahia : Douglas, Nino, Lucas Fonseca, Juninho e Moisés; Gregore, Flávio e Ronaldo; Élber, Gilberto e Lucca. Treinador, Roger Machado.

Arbitragem meio caseira, mas sem grandes reparos.

*

Domingo, dia 15, à tarde, Bahia x Fortaleza na Fonte Nova, pela 19ª rodada.

*

Outro jogo no mesmo horário: - Corínthians 2 x 2 Ceará. A rodada segue.