Nelson Leal exalta caráter inclusivo, desenvolvimentista e democrático do PPA

         



O presidente da Assembleia Legislativa da Bahia (Alba), deputado Nelson Leal (PP), elogiou o caráter inclusivo, desenvolvimentista e democrático do Plano Plurianual Participativo (PPA). Chefe do Legislativo baiano recebeu, na manhã desta segunda-feira (9), do secretário do Planejamento do Estado, Walter Pinheiro (PT), o projeto de lei que institui o PPA. Documento estabelece diretrizes e metas do governo estadual para o quadriênio 2020-2023.


“É importante destacar a sintonia entre o PPA com o Plano de Governo Participativo (PGP), construído ano passado. Isso traduz os anseios e a vontade da sociedade baiana. É fundamental que o governo tenha essa visão de levar para aqueles que mais precisam obras, serviços e melhoria da qualidade de vida para nossa gente”, enfatizou, Nelson Leal.


Presidente da Alba enalteceu também o cunho democrático e humanista na elaboração do documento, que contou com a participação dos 27 Territórios de Identidade do Estado, através da escuta social.


“Ficamos satisfeitos por ter sido uma peça amplamente debatida com a sociedade. Fomos escolhidos para fazer com que a voz das pessoas seja escutada em toda a Bahia. E a Alba tem grande relevância nessa tarefa. Merece ressaltar ainda no PPA o seu caráter humano, o escopo no desenvolvimento das pessoas”, celebrou, o presidente progressista.


O titular da Seplan comentou que três pontos do Plano Plurianual Participativo devem ser mencionados. A sinergia na sua elaboração com os membros dos Territórios de Identidade, o trabalho afinado com o Plano de Governo Participativo e as escutas sociais, e o fato de ter sido uma construção lastreada na realidade financeira do Estado e necessidades dos municípios.


“Fizemos um PPA em sintonia com nossa capacidade orçamentária e integrando as regiões. Buscamos não colocar coisas díspares e distantes da realidade local. As escutas sociais foram essenciais. Podemos chamar de um PPA ousado, ajustado a esse novo tempo”, explicou, Walter Pinheiro.


Secretário também pontuou o cunho humanista da peça, que define os objetivos e metas do Executivo estadual para o próximo quadriênio, como preconiza a Constituição Federal. “Nossa grande obra nesse Plano Plurianual é o foco no desenvolvimento das pessoas. Como chegar com mais saúde, educação, segurança, trabalho e renda. Buscamos colocar a Bahia na ponta do desenvolvimento para atender sua gente”, disse.


PONTE SALVADOR-ITAPARICA


Em meio às discussões do PPA, que visa fazer da peça, na prática, a construção de um grande corredor de desenvolvimento socioeconômico na Bahia, Walter Pinheiro declinou outras duas relevantes informações para a infraestrutura do Estado. Disse que o plano do aeroporto de Porto Seguro será entregue pela empresa alemã dentro de pouco tempo. E que o edital da Ponte Salvador - Itaparica será lançado já no próximo dia 16 do corrente.


Nelson Leal comentou a relevância da obra, que reputa como sendo uma das mais importantes da história da Bahia. “A Ponte Salvador-Itaparica vai mudar o vetor econômico da Bahia, com perspectiva de grandes investimentos. A Bahia terá uma nova cara. Nós estamos construindo uma nova entrada para Salvador, abrindo a Baia de Todos os Santos e a Baía de Camamu.


O papel da Assembleia Legislativa na construção desse corredor de desenvolvimento e a unidade da Casa com o Executivo também foram salientados pelo presidente. “A Bahia ganha muito com a ponte. A Alba vai estar presente, porque aqui procuramos debater todos os temas de interesse dos baianos e do país. Estamos trabalhando duro para fazer da Bahia um lugar melhor para se viver”, assegurou.


Participaram da audiência os deputados: Robinho (PP), Zó (PCdoB), Bobô (PCdoB), Diego Coronel (PSD), Vitor Bonfim (PR), Zé Raimundo (PT), Robinson Almeida (PT), Niltinho (PP), Rosemberg Pinto (PT), Fabíola Mansur (PSB) e Tom Araújo (DEM).