HIPNOTERAPIA AJUDA NA RECUPERAÇÃO DE PACIENTES COM CÂNCER DE MAMA

         



Os efeitos colaterais do tratamento do câncer de mama, muitas vezes, interferem de forma direta na parte emocional da paciente, causando dor, angústia, ansiedade, náuseas e fadiga. Porém existem métodos terapêuticos que podem auxiliar no combate a esses sintomas, fazendo com que o processo seja menos traumático para a paciente.

Uma dessas técnicas usadas de forma complementar ao tratamento médico tradicional é a hipnoterapia. Por meio da hipnose é possível acionar a produção de substâncias, naturais do corpo humano, que têm ação analgésica e diminuem a dor.

“O diagnóstico do câncer de mama, por si só, já estimula emoções negativas e a hipnose entra como um método alternativo para combater não só a dor, mas também o medo, os sintomas e sentimentos ruins que mexem com a autoestima e interferem no processo de recuperação da paciente durante o tratamento médico”, explica o psicoterapeuta Clebson Ribeiro.

Câncer de Mama
No Brasil, as estimativas de incidência de câncer de mama para o ano de 2019 são de 59.700 casos novos, o que representa 29,5% dos cânceres em mulheres, exceto o câncer de pele não melanoma, conforme dados do Instituto Nacional do Câncer (INCA).

O tratamento médico varia de acordo com o estágio do câncer. Normalmente envolve quimioterapia, radioterapia e cirurgia.

Para a prevenção, além da alimentação saudável, é recomendado praticar atividade física, manter o peso corporal adequado e evitar o consumo excessivo de bebidas alcoólicas.