Disputa entre Associação Comercial e Empresarial de Camaçari e CDL empurra comércio para o baú da liquidação

         



Diferente da maioria das cidades do mesmo porte, atividade comercial em Camaçari ganha um componente negativo que vai além da falta de dinheiro do consumidor gerada pela paradeira da economia.

Segundo apurou o Camaçarico, o clima entre as diretorias da associação comercial e empresarial de Camaçari (Acec) e a câmara de dirigentes lojistas (CDL) é de beligerância. O desencontro de quem deveria se unir para defender a atividade comercial na cidade é tão grande que disputa caminha para uma ação judicial de despejo do CDL do imóvel inaugurado no começo de 2016, e que hoje abriga as duas entidades.

Numa liquidação às avessas, disputa interna entre dirigentes dessas entidades deixa um segmento, formado por cerca de 10 mil micros e pequenos empresários, e outros cerca de 5 mil MEI (Microempreendedor Individual), ainda mais orfão e fragilizado.

Acec e CDL não parecem entenderem e se entenderem sobre a necessidade de fortalecer o segmento e ampliar esse potencial, inclusive com mais poder e influência sobre projetos patrocinados pelo poder público. Esse descuido não é recente, segundo empresários ouvidos pela Coluna, entidades seguem distantes da maioria dos comerciantes que cobram a construção de um canal onde o segmento, independente do tamanho, possa ser ouvido.

O avanço dos grandes atacadões e suas políticas monopolistas, as obras de revitalização do centro antigo da cidade e seus reflexos no comércio da região, a reforma da Feira de Camaçari, e questões como estacionamento e mobilidade são pautas que mexem diretamente nas máquinas registradoras do comércio.


Essa imagem de pouco conectadas e distantes do debate se reforça com a baixa representatividade dessas entidades. A Acec conta hoje com cerca de 200 associados, sendo que metade está com as mensalidades atrasadas, enquanto o CDL soma cerca de 100 parceiros.

Fortalecer o comércio de Camaçari passa por uma nova visão de gestão na ACEC e no CDL, dizem empresários preocupados e ansiosos pela construção dessa nova relação.
*Do Camaçari Agora
-------------------------------

Confira todas as Colunas acessando o link http://www.camacariagora.com.br/camacari.php/ João Leite Filho joaoleite01@gmail.com (Editor)