MERCADO DE FUSÕES E AQUISIÇÕES BATE RECORDE HISTÓRICO

         



A retomada da economia brasileira alavancou o mercado de fusões e aquisições no país, é o que aponta a pesquisa da PwC. Em volume histórico acumulado, foram realizadas 912 transações durante o ano de 2019, um número 39% maior em comparação com 2018, quando 658 transações foram efetivadas durante todo o ano. Até então, o recorde era de 2014, quando 879 transações foram executadas. Somente no mês de dezembro do ano passado, foram 114 contratos firmados, sendo 97% superior ao mesmo período do ano anterior. 

Apesar deste bom momento, a Região Nordeste caiu uma posição no ranking geral em relação ao ano anterior, ficando com o terceiro lugar. Os estados nordestinos reúnem 8% deste montante de fusões e aquisições. A porcentagem representa a quantidade de 73 transações realizadas ao longo de 2019.

 Entre as fusões e aquisições relatadas no relatório da PwC, a Bahia teve destaque com a aquisição de 80% da Accpet, fabricante de computadores e dispositivos de armazenamento, pela Positivo Tecnologia, braço de produção de eletroeletrônicos do Grupo Positivo. Também na área de tecnologia – que é sempre a principal demanda do mercado de fusões e aquisições, está a Atena Tecnologia – que desenvolve softwares para a previdência - e foi comprada por R$9 milhões pela Singia, que desenvolve softwares para o setor financeiro.

 Ainda no estado, aconteceu a compra minoritária do Hospital Cardio Pulmonar da Bahia pelo Hospital Esperança, que faz parte da Rede D’Or. Já a Ânima Educação, organização brasileira de ensino superior, investiu R$ 200 milhões na aquisição do Centro Universitário AGES, que opera no estado.

 Panorama nacional

A pesquisa Fusões e Aquisições da PwC mostrou que o setor de T.I. termina 2019 na liderança, com 258 transações, ou 29% do total transacionado durante o ano. O crescimento foi de 84%, quando comparado com 2018, que teve 140 transações.

 Outro recorde histórico quebrado em 2019 é o de transações envolvendo investidores nacionais. Foram 68% das aquisições e compras minoritárias. Já as transações de capital nacional representam 56% do total, enquanto de capital estrangeiro representa os 44% restante. Em relação às privatizações e concessões, foram realizadas 55 no ano passado, um número 53% maior em relação ao mesmo período de 2018.

 Sobre a PwC

Na PwC, o nosso propósito é construir confiança na sociedade e resolver problemas importantes. Somos um Network de firmas presente em 158 países, com mais de 236.000 profissionais dedicados à prestação de serviços de qualidade em auditoria e asseguração, consultoria tributária e societária, consultoria de negócios e assessoria em transações. Saiba mais sobre a PwC e nos diga o que é importante para sua empresa ou carreira, visitando nosso site: www.pwc.com