Oposição e 400 entidades protocolam pedido de impeachment contra Bolsonaro

         



Partidos da oposição protocolaram nesta quinta-feira (21/05), em conjunto com outras 400 entidades, o pedido de impeachment do presidente Jair Bolsonaro (sem partido).

Além de PT, PCdoB, PSOL, PCB, PCO, PSTU e UP, documento é assinado por entidades como a Fenaj (Federação Nacional dos Jornalistas) e movimentos sociais como o MTST (Movimento dos Trabalhadores Sem Teto) e a Articulação dos Povos Indígenas do Brasil.

No pedido de impeachment, grupo considera que o presidente atentou contra a saúde pública durante a pandemia do novo coronavírus
O documento também é assinado por mais de 30 renomados juristas, Celso Antônio Bandeira de Melo, Lênio Streck, Marcelo Cattoni, Beatriz Varga, Vera Lúcia Santana, Silvo Almeida, Leonardo Isaac Yarochewsky.

No documento, o grupo acusa o presidente Bolsonaro de cometer crimes de responsabilidade, atentar contra a saúde pública e arriscar a vida da população pelo comportamento à frente da pandemia do coronavírus, dentre outros crimes.


Agora, a Câmara dos Deputados acumula 32 pedidos de impeachment, além de ao menos sete CPIs para investigar o presidente Jair Bolsonaro.
*Foto: Najara Araújo/Câmara dos Deputados