Polícia faz operação em Minas Gerais para encontrar mulher de Queiroz

         



O Ministério Público de Minas Gerais e o Batalhão de Choque da Polícia Militar iniciaram na manhã desta terça-feira buscas na casa de parentes de Fabrício Queiroz, ex-assessor do senador Flávio Bolsonaro.

A operação, feita em parceria com o Ministério Público do Rio de Janeiro, ocorre em uma casa na zona norte de Belo Horizonte. O objetivo é prender prender Márcia Oliveira de Aguiar, mulher de Queiroz que está foragida desde a semana passada.

Queiroz foi preso em Atibaia, no interior de São Paulo, na última quinta-feira. No mesmo dia foi decretada a prisão de Márcia, que não se apresentou à polícia e tampouco foi encontrada.

Flávio Bolsonaro, filho do presidente Jair Bolsonaro, é apontado pelo Ministério Público do Rio de Janeiro como chefe de uma quadrilha que atuou em seu gabinete no período em que foi deputado estadual - entre 2003 e 2018 - e utilizava o esquema das “rachadinhas”, quando parte do salário dos assessores (que nem sempre iam trabalhar) do político era devolvida aos parlamentares.
Foto: internet