Vereadora Lorena Brandão abre crise no PSC

         



A vereadora Lorena Brandão abriu uma crise neste final de semana em seu partido, o PSC, ao admitir o sonho de votar no secretário municipal de Saúde, Leonardo Prates (PDT), para vice na chapa à Prefeitura do democrata Bruno Reis. Isso porque o PSC, pelo que se comenta, teria fechado um acordo para apoiar à mesma posição o vereador Geraldo Jr. (MDB), hoje presidente da Câmara Municipal. Por este motivo, o presidente da sigla, Heber Santana, saiu em socorro do acordo, tentando enquadrar Lorena, mas o estrago já estava feito. Afinal, ninguém sabia que havia insatisfação na legenda com relação à sucessão municipal, muito menos da parte de uma vereadora que, por ser uma liderança na Igreja, faz a diferença na política municipal.
Da Tribuna/Foto: Reprodução