BOM DIA! MEU INVERNO PREFERIDO

         



Por Claudio Holvorcen Niederauer
Imaginem, este é o meu anseio virtual. Bem, vamos lá: despertei debaixo das cobertas quentinhas e a primeira coisa que fiz foi olhar o celular, a temperatura marcava 2 graus positivos em Porto Alegre as 6:00 HS e aí me lembrei da minha dedicada fisioterapeuta, uma polaquinha: profissional eficiente, simpática e para completar muita bonita, que está sempre presentemente agendada no meu imaginário, só para alegrar o ego da minha musculatura e resíduos esqueléticos doloridos, conta ela que quando morava na Polônia, ia à beira do rio Vístula (Wisla) e que no inverno, ainda menina, ela e seus primos iam brincarem e tomarem seus banhozinhos pelados no rio gelado que lambia à margem de sua cidade natal e pela parte da manhã antes de ir para escola.

Bem, os bons exemplos (?!) devem ser perseguidos, não pensei duas vezes, aliás acho que nenhuma. Ali no meu quentinho, sonolento, comecei a divagar naquela loucura e devagar comecei a vestir minha sunga colorida e me toquei a pé, numa corrida compassada devido a minha idade, fui do Jardim Botânico até Ipanema - uns 10 km e 3 horas plenamente ofegante - de cara me joguei nas límpidas (!!!!) águas do nosso lago Guaíba e de nado de peito fiz uns 5 km e na volta fiz o percurso de nado costa para apreciar o céu despertando para um belo dia que se avizinhava.(PQP o que faz o imaginário)...meio mal humorado, abri os olhos, meio semiabertos e despertei para a realidade, como estava gostoso o quentinho debaixo das cobertas e, então, alí me escondi...ah! como é bom sonhar!

É, só tenho que deixar aqui o meu bom dia.
--------------------------------
Poeta e fotógrafo/Foto: site Porto24alegre