Médica de São Paulo recebe a primeira dose de vacina contra o coronavírus

         



A primeira dose da vacina contra o coronavírus foi aplicada, hoje (21), em uma médica do Hospital das Clínicas, em São Paulo. A médica Stefânia Teixeira Porto disse, em entrevista estar feliz em participar da experiência.

No total, são 9 mil voluntários de seis estados brasileiros que serão monitorados durante três meses por um corpo científico. Entre eles, metade vai receber duas doses do imunizante num intervalo de 14 dias.

A outra metade receberá uma substância sem efeito. Os recrutadas cumpriram as seguintes exigências: ser profissional de saúde, não ter sido infectado com covid-19 e não estar grávida, no caso de mulheres.

Os testes são uma parceria do Instituto Butantan e a farmacêutica chinesa Sinovac Life Science. O Brasil vai realizar o teste em escala, que é a terceira fase da pesquisa que se mostrou promissora em suas duas primeiras etapas.