Goethe-Institut terá cinema drive-in

         



O Goethe-Institut Salvador-Bahia já está preparado para estrear o “Cinema Drive-In do Goethe-Institut”, que será lançado assim que as condições de saúde pública permitirem a autorização de seu funcionamento pelos órgãos competentes. No estacionamento da instituição, acessível pelo Vale do Canela e capaz de abrigar 20 carros com limite de quatro pessoas por veículo, será exibida uma programação com curadoria assinada pelo NordesteLab – Plataforma de Articulação Audiovisual. Na lista, estarão prioritariamente filmes de distribuidoras independentes e de produtoras de pequeno e médio portes, também escolhidos pela qualidade artística e interesse do público. A primeira sessão, que deverá acontecer ainda no início de agosto, caso a evolução da situação da pandemia da Covid-19 em Salvador permaneça positiva, vai apresentar a produção baiana “Ilha”, de Glenda Nicácio e Ary Rosa. Os ingressos por veículo vão custar R$ 10.

Sobre o Goethe-Institut Salvador-Bahia – Instituto cultural da República Federal da Alemanha, o Goethe-Institut, fundado em 1951, se dedica a fomentar o diálogo entre culturas e é a maior instituição de ensino de alemão no mundo. Atualmente, dispõe de uma rede de 159 unidades em 98 países de todos os continentes. A unidade do Goethe-Institut Salvador-Bahia foi criada em 1962 e, desde então, promove a aprendizagem da língua alemã, divulga uma imagem abrangente da Alemanha e realiza colaborações locais, nacionais e internacionais na área da cultura, com numerosos parceiros públicos e privados. É um espaço disposto ao exercício artístico-cultural, realizando ações próprias e oferecendo suporte a iniciativas de variadas espécies. Dispõe de teatro, foyer, galerias, biblioteca, ateliês, estúdios, salas de aulas, praças, pátio e café. Após mais de meio século de atividades contínuas na cidade, iniciou, em 2016, o Programa de Residência Artística Vila Sul, com a proposta de fortalecer interlocuções entre o Brasil e demais países do hemisfério Sul a partir do acolhimento de artistas e agentes culturais de diversas áreas, linguagens e origens. Mais de 80 residentes já experimentaram esta oportunidade.