Prefeitura acaba com o ´Toque de Recolher`e libera reabertura do comércio em Serrinha

         



O prefeito de Serrinha, Adriano Lima anunciou, ontem (26), durante live, uma nova etapa nas ações de combate ao novo Coronavírus que incluem a reabertura do comércio de Serrinha e o fim do Toque de Recolher. Com pouco mais de 75% de curados (513 pessoas) do total de casos da Covid-19 (682) registrados até o momento, o prefeito entendeu que este é o momento de dar um fôlego para a economia do município que, como todo o Brasil, passa por uma crise gerada pela pandemia.

Dentro desta nova etapa de enfrentamento da Covid-19, fica liberada a abertura do comércio no horário normal, tanto dos serviços essenciais quanto dos serviços considerados não essenciais. “A liberação das academias, clínicas odontológicas, bares e restaurantes vai acontecer nas próximas etapas”, afirma o prefeito. Uma reunião com os donos de academia deve acontecer no dia 29 de julho, em horário e local a serem definidos.

Vale lembrar que mesmo com a reabertura do comércio, continuam valendo as medidas de segurança para conter a disseminação do novo Coronavírus.

Os estabelecimentos podem funcionar com 50% de sua capacidade de atendimento. É obrigatório o uso de máscaras para funcionários e clientes, bem como a disponibilização de álcool em gel 70%.

As Igrejas voltam a funcionar em horário normal, mas com o máximo de 25% da capacidade de pessoas, por reunião. E a feira livre ainda permanece funcionando em esquema de rodízio, como já vem acontecendo.

Mas a manutenção da abertura do comércio está diretamente relacionada a taxa de ocupação de leitos do Hospital Municipal por pacientes da Covid-19. “Se aumentar muito o número de casos na cidade, a Prefeitura poderá retomar o fechamento das atividades”, afirma o secretário de Saúde, Alexandre Tahim. Portanto, permanecem as recomendações para que as pessoas evitem aglomerações, sempre que possível, fique em casa e se for sair, use a máscara o tempo todo.