Bolsonaro pode perdoar R$ 1 bilhão em dívidas das igrejas

         



O presidente Jair Bolsonaro pode perdoar um bilhão de reais em dívidas das igrejas acumuladas após fiscalizações e multas aplicadas pela Receita Federal, segundo o jornal O Estado de São Paulo. Um projeto nesse sentido já foi aprovado pelo Congresso Nacional, e aguarda a assinatura do presidente até 11 de setembro.

O líder máximo do Palácio do Planalto tem na base de sustentação a bancada evangélica. Portanto, a expectativa é pela sanção. Em abril, o presidente se reuniu com líderes evangélicos para discutir os débitos.

Vale lembrar que o presidente também já defendeu publicamente a possibilidade de acabar com taxas ainda pagas pelas igrejas e “fazer justiça com os pastores, com os padres, nessa questão tributária”.
Com Yahoo/BNews/Foto: Reprodução TV