O SACRIFICADO

         



Por Henrique Ribeiro
Um fazendo fazia coleção de cavalos e só faltava um

exemplar de uma única determinada raça para completar
a coleção.
Um belo dia ele descobriu que o seu vizinho tinha este
determinado animal, então ele perturbou seu vizinho até
conseguir comprá-lo.
Um mês depois o cavalo adoeceu, então ele chamou o
veterinário, que disse:
- Seu cavalo está com uma virose é preciso tomar estas
injeções por três dias, no terceiro dia eu retornarei e
caso ele não esteja melhor será necessário sacrificá-lo.
Neste momento o porco escutava toda conversa.
No dia seguinte deram a injeção e nada. O porco se
aproximou do cavalo e disse:
- Força amigo ! Levanta-te daí!
No segundo dia , deram nova injeção e nada. O porco
se aproximou de novo e disse:
- Vamos lá amigão, levanta-te se não vai morre!
No terceiro dia deram nova injeção e nada .
O veterinário chegou e disse:
- Infelizmente vamos ter que sacrificá-lo porquê ele
tem uma virose brava e pode contaminar os outros
cavalos.
O porco se aproximou e disse:
- Cara é agora ou nunca levanta-te logo! Coragem!
De repente o cavalo deu um pulo e saiu correndo,
o dono gritou:
- Milagre! O meu melhor cavalo melhorou!
Isso precisa de uma comemoração... e ordenou:
Mata o porco , vamos fazer uma festa!

-----------------------------
Poeta e cardiologista