Festival de Arte de Mulheres Negras marca a programação da semana no Teatro Gamboa

         



A programação especial Novembro Negra do Teatro Gamboa retorna nesta semana com a estreia do ÌYÁ"S – Festival de Arte de Mulheres Negras, reunindo dois espetáculos teatrais que acontecem no final de semana. Através da plataforma www.teatrogamboaonline.com.br é possível comprar os ingressos para cada um dos programas que compõem a agenda, além de assistir aos espetáculos e oficina ao vivo ou até 24h depois do horário original da apresentação.

Abrindo a agenda da semana, a oficina YoGamboa traz nesta quarta-feira (11), a partir das 13h, Ia Santachè ministrando a prática Dance Yoga: Dualidades, reunindo dança e yoga. Ainda na quarta-feira (11), a partir das 19h, os atores Jackson Costa e Celo Costa estreiam o espetáculo Dois com Textos, unindo literatura, poesia, música, reflexões e espiritualidade. Os atores levam ao palco do Gamboa a leitura de textos, reflexões sobre essas leituras e interpretação de canções que tocam temas universais como a solidão, isolamento, alegria, silêncios, cura, infância, entre outros. A ideia do espetáculo é um diálogo entre grandes autores como Clarice Lispector, Manoel de Barros e João Cabral de Melo Neto.

Marcando a estreia do ÌYÁ"S – Festival de Arte de Mulheres Negras, criado para acolher poéticas, estéticas e narrativas de mulheres negras, na quinta-feira (12) e na sexta-feira (13), a partir das 19h, Fabíola Nansurê apresenta o monólogo Rosas Negras. O espetáculo tem direção de Diana Ramos, dramaturgia de Onisajé, coreografia de Edleuza Santos e direção musical de Jarbas Bittencourt. A atriz Fabíola Nansurê empreendeu uma pesquisa voltada para a criação de um espetáculo teatral que traz, em sua dramaturgia, histórias de vida de algumas mulheres negras com relevantes contribuições para a luta contra a discriminação e a violência contra a mulher e principalmente contra a mulher negra.

No sábado (14), a partir das 19h, outro espetáculo que compõe a agenda do Festival assume o palco do Gamboa. A Reza é o solo da atriz Andréia Fábia, com direção de Juliana Roiz, que retrata a opressão ao feminino manifestado cotidianamente em diversas formas de violências contra as mulheres.

Nesta primeira edição o ÌYÁ"S – Festival de Arte de Mulheres Negras leva para o palco do Gamboa outros três espetáculos ao longo do mês. Confira a agenda completa no www.teatrogamboaonline.com.br.