Covid-19: prefeito abre novos leitos. Comércio pode fechar em Salvador

         



O prefeito ACM Neto (DEM) determinou a abertura de 30 leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) destinados a pacientes diagnósticados com a Covid-19 em Salvador. O anúncio foi feito pelo o secretário de Saúde, Leo Prates, na tarde deste sábado (21), no Twitter.

O município estava em uma fase de desativação de algumas tendas de campanha, mas o aumento da taxa de ocupação fez a gestão repensar o ato. A cidade chegou a 62% de ocupação de leitos de UTI. O aumento preocupa os gestores, sobretudo porque outros países sofrem com a segunda onda da doença.

O secretário utilizou o Twitter para chamar atenção da população para a prevenção da doença. " As pessoas precisam entender que a pandemia não acabou", escreveu.

Em coletivas recentes, Neto chegou a comentar que o aumento da ocupção na cidade estava relacionado à desativação dos leitos, mas que, caso houvesse grande demanda, as estruturas seriam remontadas para atender as vítimas do coronavírus. Ele também demonstrou preocupação com a segunda onda em países europeus e alertou para um possível aumento de número dos casos após as eleições municipais. Léo Pratez também observou que se a situação piorar e a população não ajudar, poderá ocorrer fechamento do comério.
Com BNews