Bahia chega a 60% de taxa de ocupação da Covid

         



O estado da Bahia chegou a 60% de taxa de ocupação da Covid-19 na noite de sábado (21), o número representa um aumento de 2%. Segundo o secretário de saúde do estado, Fábio Vilas Boas a cidade que mais preocupa é Feira de Santana. A Taxa de ocupação na cidade já ultrapassa 90%.

Confira a taxa de ocupação por região:

Bahia: 60% (aumento de 2%)
Centro Leste: 74% (aumento de 4%)
Centro Norte: 65% (manteve)
Extremo Sul: 53% (queda de 7%)
Leste: 57% (aumento de 3% - redução de 20 leitos)
Nordeste: 42% (manteve)
Norte: 64% (queda de 13%)
Oeste: 45% (manteve)
Sudoeste: 62% (aumento de 5%)
Sul: 67% (aumento de 4%)

Já Salvador fechou o sábado (21) com 29 pacientes de covid nas Unidades de Pronta Atendimento (UPAs). Segundo o secretário de saúde do município, Léo Prates até a noite de ontem, foram 15 pacientes de Clínica médica (Leitos de Enfermaria, ou seja, pacientes que não estão em estado grave. 5 pacientes na enfermaria infantil e 7 na adulta. Total de 6 pacientes de UTI Adulto, todos regulados e 3 de UTI PED aguardando regulação. Ainda segundo o secretário, do total de 29 pacientes, 13 estão a regular pois entraram no fim do dia de ontem.

No sábado (21), Léo Prates anunciou que o prefeito ACM Neto (DEM) determinou a abertura de 30 leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) destinados a pacientes diagnosticados com a Covid-19 em Salvador. O município estava em uma fase de desativação de algumas tendas de campanha, mas o aumento da taxa de ocupação fez a gestão repensar o ato. A capital baiana chegou a 62% de ocupação de leitos de UTI.

Do BNews