Bruno Reis manda para AL-BA ofício em que solicita reconhecimento de calamidade pública até 31 de dezembro

         



O prefeito de Salvador, Bruno Reis, encaminhou para a Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA) um ofício em que solicita aos deputados estaduais o reconhecimento de estado de calamidade pública com efeitos até de 31 de dezembro de 2021, por causa da pandemia do coronavírus, conforme publicação no Diário Oficial do Legislativo estadual deste sábado (9).

De acordo com Reis, "a situação [financeira do Município] atual tem características diferentes daquelas durante o período considerado mais crítico da pandemia, mas que voltam a causar apreensões em relação ao esforço financeiro para o seu enfrentamento.

Outro ponto tocado por Bruno Reis é a falta de recursos federais. "As transferências federais somaram R$ 544 milhões, mas se concentraram entre abril e setembro, chegando em novembro ao valor de apenas R$ 3 milhões, quadro que deverá se repetir em dezembro e muito provavelmente nos primeiros meses de 2021, pois não existe qualquer indicativo de novos recursos", disse.
Do BNews