Mini-curso de Turismo Étnico Afro para capoeiristas está com inscrições gratuitas abertas

         



Estão abertas até 5 de fevereiro as inscrições gratuitas para o mini-curso de Turismo Étnico Afro, que será oferecido pelo projeto Salvaguarda da Capoeira da Bahia entre os dias 8 e 11 de fevereiro. A qualificação é destinada a capoeiristas em busca da inserção no mercado ou na melhoria dos seus serviços, caso já recebam turistas em seus espaços culturais. O objetivo é repassar conhecimentos através de 4 horas de aulas virtuais, tendo como foco a formatação de produtos turísticos da Capoeira.

As rotas da Capoeira serão comercializadas por meio do Portal da Capoeira da Bahia. Para tanto, mestres e grupos de capoeira serão preparados por meio de ações de qualificação que se iniciam com este mini-curso, que tem como base saberes e fazeres populares representativos da arte da capoeira. As inscrições podem ser feitas através do link: https://forms.gle/fwYZNY1whqsaPe337

O Projeto Salvaguarda da Capoeira da Bahia tem com metas produzir um livro, um documentário e um portal digital. O livro e o documentário retratarão um pouco da história, tradição, fundamentos e diversidade dessa arte-luta, que é patrimônio imaterial baiano (2006), brasileiro (2008) e da humanidade (2014). Já o portal terá cinco sites, com informações sobre a capoeira e seus mestres; mapeamento da capoeira da Bahia; repositório de livros e teses sobre o tema; cursos de formação voltados para capoeiristas; roteiros turísticos da capoeira baiana e uma loja virtual com a produção de mestres artesãos.

Executado pela ACEB - Associação Classista de Educação e Esporte da Bahia, o projeto foi idealizado e construído pelo Conselho Gestor da Salvaguarda da Capoeira na Bahia. Acontece através de chamada pública do IPAC - Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural da Bahia, com recursos da Lei Aldir Blanc e apoio financeiro do IPAC, SECULT, Governo do Estado, Secretaria Especial da Cultura e Ministério do Turismo.