Secretaria de Saúde não recebe medicamento para hanseníase há mais de 90 dias

         



Pacientes com hanseníase, que fazem uso do PQT MB adulto, estão sem receber o medicamento há mais de 90 dias. Isso porque a Secretaria de Saúde de Feira de Santana não está sendo abastecida pelo Núcleo Regional de Saúde Centro Leste.

A justificativa dada através de nota técnica da Diretoria de Vigilância Epidemiológica da Bahia (Divep) é que o medicamento é produzido em Israel, e por causa da pandemia teve alguns problemas na fabricação e importação.

Segundo eles, para o medicamento ser dispensado no Brasil passa por validação dos lotes pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). Após estes procedimentos serão dispensados aos Estados e Municípios.

Já os medicamentos Corticorten de 5mg e Predinisona de 20 mg, diferentemente do que foi informado por pacientes, possuem estoque disponível. Eles também são necessários para o tratamento da hanseníase.