BAHIA GOLEIA FORTALEZA E TORCE PRO CORÍNTHIANS

         



Por Zedejesusbarreto
Nem o mais apaixonado torcedor do Tricolor poderia imaginar. Com três gols de Rodriguinho e uma exibição de gala de Nino Paraíba o Bahia fez 4 x 0 no Fortaleza e está com o passaporte para continuar na primeira divisão em mãos. O torcedor agora torce e muito para o Corínthians vencer o Vasco em São Paulo e o Goiás, em casa, tropeçar no Bragantino. Se isso acontecer, o Tricolor já dorme neste domingo fora que qualquer risco. 

Melhor é que a equipe fez um bom jogo, inteligente, estratégico e soube neutralizar o Leão cearense na casa dele. Não me lembro quando o Bahia conseguiu golear um time cearense jogando lá.
Com o resultado, o Bahia chegou aos 41 pontos, está na 15ª posição, passando o próprio Fortaleza em função de ter triunfos a mais que os cearenses. O Vasco tem 37 pontos e o Goiás tem 36. Eles se enfrentam na rodada final.
É sim pra festejar e torcer.
**
O clima era de guerra, de decisão, fora do estádio e no gramado do Castelão, capital cearense. Duelo de Tricolores, clássico nordestino, confronto direto pela tabela de classificação.
*
Com bola rolando...
A partida começou bem equilibrada, mas aos 4 minutos Lucas Fonseca quase entrega, errando um passe bobo na frente da área. O time da casa avançou suas linhas apertando a saída de bola dos baianos. Mas, após uma retomada de bola de Ronaldo ...
- Gol ! 1 x 0 Bahia. Rodriguinho testando na linha da pequena um ótimo cruzamento de Nino Paraíba de direita, aos 7 minutos.
Cartões amarelos para Ronaldo, Mateus Bahia e Luis Henrique antes dos 10 minutos. Tensão na disputa das divididas. Após cobrança de falta da direita, Paulão, desmarcado na pequena área, acerta o travessão de Douglas (12 minutos). Aos 13’, Rodriguinho puxa contragolpe e Gilberto arrisca de fora, nas mãos de Felipe Alves.
O time de Dado postado com uma linha de cinco, atrás, Patrick no meio dos zagueiros Ernando e Lucas, quando o time é atacado. Com a bola, três zagueiros e libera os laterais Nino e Mateus, como alas. Com o gol, um Bahia mais na moita, fechadinho, na espreita do contragolpe. O Fortaleza tinha espaço, trocava mais a bola mas não penetrava. Aos 23’, Gilberto tentou de novo, da entrada da área, mas bateu rasteiro e Felipe Alves catou no chão.
O Leão do Pici tenta amassar, empurrando os baianos pra trás, rondando. Aos 34’, Juninho bateu de longe, muito alto. O Bahia até se defendia bem, mas tinha uma saída de boa defensiva complicada, como sempre, entregando fácil a bola para o adversário.
Um primeiro tempo em que o Bahia achou um gol e armou-se inteiro atrás, suportando bem e esperando a oportunidade de matar no contragolpe, mas erra muitos passes. O Fortaleza aperta, acua, mas não consegue penetrar, pouco finalizou. Nada definido, jogo tenso e difícil.
*
Nos vestiários, saiu Gilberto, sentindo a coxa, entrou Gabriel Novaes. Os cearenses mantinham a posse de bola e o Bahia marcando, perigando nos contra-ataques. Aos 4’, Rodriguinho fez boa jogada e achou Ronaldo penetrando pela direita; o chute saiu rasteiro e cruzado, acertando o poste de Felipe Alves, já vendido. Aos 6’, a resposta cearense: Ronaldo errou na saída de bola e Romarinho encheu o pé, mas Douglas apareceu bem, salvou. Recomeçou quente.
Aos 12’, Juninho bateu falta venenosa, rasteira, no canto, Douglas foi buscar no rodapé. Aos 13’, Rodriguinho na área adversária livrou-se da marcação e bateu de canhota, mas errou o alvo. Jogo aberto. Oswaldo e Mariano Vasquez no Fortaleza (saíram Romarinho e Luis Henrique)
- Gol ! 2 x 0 Bahia, novamente Rodriguinho de cabeça, num levantamento preciso de Nino paraíba. Repeteco do primeiro gol. Aos 17 minutos.
Dois minutos depois, em boa trama pela direita, Rossi recebeu de Nino e foi puxado na área; o árbitro deu pênalti em favor do Bahia.
- Gol ! 3 x 0 Bahia ! Rodriguinho bateu o pênalti, Felipe Alves rebateu mas Rodriguinho completou bem o rebote. Aos 20’.
Acreditem, três gols de Rodriguinho. E o Bahia começou a cozinhar o jogo, com 3 x 0 no placar. Ronald e Tinga no Fortaleza, nos lugares de Gabriel Dias e Wellington Paulista. O Leão cearense foi todo pra frente, no desespero. Os baianos sem pressa, então. Aos 31, saiu David, entrou Bergson.
Aos 33’, Novaes puxou um contragolpe e achou Rodriguinho na área; o meia cortou Paulão e foi atropelado. O árbitro deu pênalti, de novo.
- Gol ! 4 x 0 Bahia. Rossi bateu forte e fez, ampliou, definiu, fechou o caixão. Aos 36 minutos.
Quem imaginaria uma goleada? Rossi deu lugar a Thiago. Juninho e Daniel em campo, Gabriel Novaes saiu sentindo a coxa, e também Ernando; depois Capixaba substituiu Rodriguinho, muito festejado. Aos 46’ o Bahia entrou tabelando, Thiago ficou de cara e perdeu a chance clara de ampliar.
Melhor que a encomenda, grande triunfo do Bahia. Pelo que representou em termos de tabela e porque é muito difícil, é raro golear em Fortaleza.
*
Destaques
Jogaço de Nino Paraíba ! Rodriguinho, três gols e, enfim, um grande jogo. Bem Matheus Bahia, ganhando confiança a cada jogo. Ronaldo, Gregore e Patrick, pela luta, todo tempo. Justiça: Douglas voltou bem no gol, sem erros.
Belo trabalho técnico de Dado Cavalcanti, estratégia de jogo bem encaixada.
*
Escalações
- Fortaleza : Felipe Alves, Gabriel Dias, Quintero, Paulão e Bruno Melo; Juninho, Felipe, Luis Henrique e Romarinho; David e Wellington Paulista. Treinador, Ênderson Moreira.
- Bahia (jogou de branco) : Douglas, Nino Paraíba, Ernando, Lucas Fonseca e Mateus Bahia; Ronaldo, Gregore, Patrick de Luca e Rossi; Gilberto e Rodriguinho. Treinador, Dado Cavalcanti.
Arbitragem paulista, com VAR; no apito, Luis Flávio de Oliveira/Fifa.
*
Na rodada derradeira, a 38ª, o Bahia recebe o Santos, na Fonte Nova; o jogo será quinta-feira, dia 25, às 20h30.
**
Ainda pela penúltima (37ª) rodada:
- Coritiba 0 x 2 Ceará. O Vozão do Nordeste, sob o comando de Guto Ferreira, faz uma boa campanha este ano, disparadamente a melhor dos clubes da região. Está na Sul-Americana.
*
Neste domingo, seguindo: às 16 h , Flamengo x Internacional. É o jogo que decide o título. O Inter de Abelão tem bom conjunto, o Flamengo de Rogério Ceni tem mais individualidades.
Corínthians x Vasco (jogo que interessa de perto o Bahia) e Sport do Recife x Atlético/MG.
Às 18h : - Santos x Fluminense; Grêmio x Athlético/PR.
Na segunda, à noite: - Palmeiras x Atlético/GO; Botafogo x São Paulo.
**
Baianão
O Bahia, com um time B, estreia no Campeonato Baiano 2021 neste domingo, às 16 h, na Fonte Nova, contra o Juazeirense. Muita cara nova na “equipe de transição” sob o comando técnico de Claudio Prates.
Completa a rodada de abertura do Baianão: Bahia de Feira x Jacuipense; Fluminense x Atlético de Alagoinhas. Bom lembrar que o Vitória fez o jogo de abertura da competição na quarta-feira, em Alagoinhas, quando empatou ( 3 x 3 ) com o novato UNIRB.
**
Foto: EC Bahia