UNIRB VENCE BAHIA E JÁ FAZ HISTÓRIA

         



Por Zedejesusbarreto
O Caçula estreante no Campeonato Baiano está invicto em três rodadas e venceu o atual campeão baiano, em Pituaçu (1 x 0), num jogo heroico e histórico. Histórico por ter sido o primeiro jogo entre as duas equipes; heroico pela aplicação coletiva e defensiva do Unirb, que fez o gol e soube suportar a pressão até o fim, com inteligência, mesmo com os atletas visivelmente desgastados em campo. 

Para o Bahia, um péssimo resultado. Em três rodadas, duas derrotas dentro de seus domínios. A competição é curta e é preciso classificar nessa primeira fase ou ... a vaquinha vai pro brejo bem mais cedo que o esperado. A equipe fez pressão mas não criou o suficiente, não foi competente nas finalizações. Os desfalques no meio campo ( por lesões e Covid) e até do treinador Claudinho (febril), fizeram a diferença. Já preocupa o torcedor que sonha com um tetra.
**
Bola rolando
Boa chuvinha antes de a bola rolar para o primeiro confronto oficial entre as equipes; o Unirb tem atletas que se formaram nas bases do Tricolor, mostrando serviço. Grama queimada, mas linheira.
- O Tricolor, atual campeão baiano, já começou na frente, trocando passes dentro do campo adversário, mas tinha dificuldades de penetração na retranca armada pelos visitantes. Chutes de longe, escanteios seguidos, duas boas defesas de Dejair. O Unirb todo atrás, mas...
Numa rara jogada ofensiva, aos 26 minutos, Carlos Magno cruzou do fundo, a zaga tricolor parou, Ignácio não alcançou e Vinícius na pequena área testou, fazendo 1 x 0. Cochilou a defensiva, permitindo a triangulação e o cabeceio.
Os visitantes fecharam-se ainda mais, marcando duro, dando chutões, e o Bahia cercando, rondando, forçando, chutando... Dejair mostrava qualidade, garantindo atrás. O tempo ía passando e nada de mais no primeiro tempo. O Bahia teve a bola, Unirb fez o placar.
*
Substituições no intervalo: de um lado, Gustavo entra e Christian sai; do outro, Felipe Maradona no lugar de Rafael. Mesmo panorama: o Bahia trabalhando a bola, chegando perto sem conseguir penetração e o UNIRB na moita, marcando sem dar espaços, brigando muito e gastando tempo, encerando.
- Aos 7’, Gustavo fez um gol, mas estava impedido. Não valeu. Aos 8’, Carlos Magno quase ampliou, num chutão de fora. Laelson pôs Henrique e Mineiro em campo; saíram Vinícius e Carlos Magno. No Bahia, Fabrício e Borel em campo.
Aos 18’, Mineiro bateu da entrada da área para ótima defesa de Matheus, salvando o segundo do Unirb, que suportava bem o sufoco e assustava sempre que ía à frente.
Dois minutos depois, Dejair salvou o empate, espalmando no rodapé um chute forte de Daniel Penha. Aos 25’, cabeçada de William assustou Matheus. Aos 38’ Marcelo tentou e Dejair salvou duas vezes,arrojado. O Unirb chegou a criar duas chances boas de ampliar.
Pressão do Tricolor, desesperada e inócua, até o final. Péssimo resultado do Campeão. Já põe em risco uma classificação.
*
Destaques
No time vencedor, o goleiro Dejair fechou; Carlos Magno enquanto teve pernas engoliu o meio campo do Bahia; Vinícius pelo gol de oportunismo e boa colocação. E o herói Du Paraíba, no sacrifício até o final, com cãibras, além do peso emocional do pai que se foi há menos de uma semana,
No Bahia... o goleiro Matheus fez duas ou três defesas que impediram um placar mais gordo. Muita luta de um e outro mas pouca inspiração individual e coletiva.
*
Ficha técnica
- Bahia : Matheus, Guedes, Ignácio, Éverson e Felipinho (Gustavo Henrique); Bruno Camilo, Leogídio (Borel) e Jeremias (Fabrício) ; Daniel Penha, Christian (Gustavo), Marcelo (Brinquedo). Treinador, Claudinho/ Claudio Prates (com suspeita de Covid); Amilton Mendes no banco. Caio Melo também fora, em observação.
- Unirb : Dejair, Alaba, Dedé (Jorge), William e Digão; Xodó, Paulinho e Carlos Magno (Mineiro); Du Paraíba, Vinícius (Henrique) e Rafael (Maradona) (Granja). Treinador Laelson Lopes.
Árbitragem de Diego Pombo Lopes.
*
Na próxima rodada o Bahia deve encarar o Vitória da Conquista, lá no Lomantão, Sudoeste.
*
Outros jogos:
- Vitória da Conquista 1 x 0 Doce Mel; Fluminense 1 x 0 Atlético Alagoinhas.
*
Nem dá pra saber com precisão dos jogos todos da rodada. Seria tal dia, tal horário, mas tudo pode mudar e muda, o Covid no comando, pandemia soberana, atletas vulneráveis.
*
O Bahia negocia a vinda do apoiador Pablo do Vila Nova/GO, pro lugar de Gregore. É jovem e tem boa pegada. Especula-se a volta de Jeanzinho (acho difícil) e a contratação do zagueiro Maidana (atuou pelo Sport e é vinculado ao Galo Mineiro). Seria uma boa pedida. Ernando estaria de saída. O time de Dado Cavalcanti, tido como titular, voltou aos treinos.
*
No Vitória, a chegada de Valter, 32 anos, uma contratação de peso. Tem história. Craque, tem problemas com a balança, mas chegou no aeroporto enxuto, mostrando vontade. Outro reforço é o meia Catatau, que estava no Vasco. Rafael Carioca foi reintegrado e dois estão de saída: o lateral Leandro Silva e o becão Maurício Ramos. O jovem treinador Rodrigo ajustando do seu jeito.
Rend e Ronaldo, destaques, ficam, renovam?
**
Pela Copa do Nordeste, o Nordestão, também apelidado de Lampions League, a dupla Ba Vi joga no sábado.
Às 16h o Vitória encara no Ceará, lá em Fortaleza. O Vozão é o melhor time do Nordeste.
Às 18h, em Pituaçu, o Bahia recebe o Botafogo da Paraíba. Vai por em campo o time A ?
**

Foto: EC Bahia/Felipe Oliveira