Projeto apresenta palestras virtuais sobre o Cangaço na Bahia

         



O projeto “Pepitas de fogo: o passado colorizado” vai promover quatro palestras virtuais gratuitas, que serão ministradas pelo historiador e geólogo Rubens Antonio, com transmissão pelo canal www.youtube.com/rubensantoniosf, sempre às 17 horas. A primeira, no dia 15 de março, será sobre o “Cangaço na Bahia” (o fenômeno começou bem antes do contado, foi aterrorizante e acabou muito mais cedo que o ensinado). No dia 19, o tema é “Emoção e Razão em obras de Arte” (será explicado que, ao longo da História, como num pêndulo, os dois modos se confrontam e alternam).

 

Na semana seguinte, dia 22, a “História da Arte baiana” será debatida através, especialmente, da Arquitetura religiosa, quando se pode resumir a evolução da Arte. Encerrando a programação, no dia 26, ganha destaque as “Condicionantes e Evolução urbana, em Salvador” (associando relevos, cursos d’água, necessidades defensivas, progresso e evolução do comércio e dos transportes). A live também marca as homenagens pelos 472 anos da capital baiana.

 

A previsão é que, até o início do mês de abril, sejam lançados três e-books, resultados do trabalho virtual de colorização de dezenas de imagens, cujo objetivo é conduzir o cidadão a uma melhor percepção do passado, através de fotos colorizadas sobre o Cangaço, Personalidades e Paisagens baianos, aguçando o senso de realidade viva dos seus elementos e como resistem no presente.  

 

O calendário completo, além de fotos colorizadas por Rubens Antonio estão disponíveis no blog https://fotoscolorizadas.blogspot.com/

 

O projeto tem apoio financeiro do Estado da Bahia através da Secretaria de Cultura e da Fundação Pedro Calmon (Programa Aldir Blanc Bahia) via Lei Aldir Blanc, direcionada pela Secretaria Especial da Cultura do Ministério do Turismo, Governo Federal.

 

#FPC #SecultBA #premiofundacaopedrocalmon #leiemergencialdeculturaaldirblanc #ProgramaAldirBlancBahia #CulturaqueMovimenta #bahia

#LeiAldirBlancBahia