Feira de Santana ganha UTI com serviços Einsten

         



Tendência em meio à pandemia, a telemedicina veio para ficar. O atendimento através de plataformas de comunicação digital permite a conexão entre médico e paciente em qualquer lugar do mundo. Agora, Feira de Santana conta com uma UTI que dispõe dessa tecnologia. O serviço é realizado juntamente com o Hospital Israelita Albert Einstein, pioneiro nos serviços de saúde a distância.

 

Tele-UTI e 2ª Opinião Médica – Interconsulta com Especialista acontece exclusivamente a distância, por videoconferência, para acompanhamento e discussão, entre médicos dos dois hospitais, de casos de pacientes que estejam internados ou em tratamento.

 

Essa Telemedicina tem como diferencial, médicos com qualidade Einsten, diretrizes internacionais e protocolos rígidos de atendimento oferecendo segurança e qualidade para pacientes por meio de um serviço de atendimento online, com suporte 24 horas por dia, sete dias por semana.

 

Além da implantação da telemedicina, em fevereiro, a Maternidade Santa Emília passa a funcionar com uma nova estrutura. São 10 novos leitos na Unidade de Terapia Intensiva adulto, avançado parque tecnológico para diagnóstico por imagem, como ressonância magnética, tomografia computadorizada, consultas ambulatoriais, novo centro cirúrgico capaz de realizar cirurgias de alta complexidade e um moderno pronto atendimento ortopédico.

 

“Feira de Santana agora dispõe de uma UTI de alto padrão, com alto investimento e equipamentos de ponta”, explica o médico Wagner Fogagnolli, um dos sócios da Maternidade Santa Emília. Segundo ele, o atendimento humanizado permanece sendo uma prioridade. “As visitas não terão horários pré-definidos, mas acontecerão de acordo com o momento mais apropriado para os familiares, que contarão com uma estrutura de apoio preparada para os acompanhantes”, explica o médico. Na nova infraestrutura, há também uma área destinada ao incentivo a amamentação com sala de ordenha, banco de leite e lactário.