LEÃO ENGASGA NA TOCA COM GALO DA PAJUÇARA

         



Por Zedejesusbarreto
No Barradão, o Vitória não conseguiu derrotar o CRB, mesmo a equipe do Galo alagoano atuando com time misto. O torcedor até esperava que o Leão fosse vingar o Bahia, que no dia anterior levou 2 x 0 do CSA alagoano, em Maceió. Mas parece que os alagoanos estão jogando mais que nós. O CRB abriu o marcador e o rubro-negro achou o empate num pênalti.

Não foi bom resultado, sobretudo para o time da casa que esperava vencer e alcançar a liderança do grupo. O CRB não avançou muito na tabela, mas ganhou ponto fora de casa e continua entre os quatro primeiros do outro grupo, o do Bahia, que gostou do empate, pois, manteve-se na ponta da tabela de classificação no grupo do CRB.
*
Bola rolando ...
O Leão estreando o lateral Raul Prata e o zagueiro Marcelo Alves, recém contratados. O time de Alagoas com vários garotos, poupando titulares exaustos com a sequência de jogos, calendário pesado.
Foi uma primeira etapa corrida, com muita marcação, disputa cerrada no meio campo e poucas jogadas de área. O Leão criou boa chance aos 3 minutos, numa subida de Rend pela esquerda; após o cruzamento Vico bateu pra fora. Marcando na frente, dificultando a saída de bola do time da casa, o CRB equilibrou e aos 13 ’ Lucão finalizou da entrada da área mas errou o alvo. Aos 20, Rend voltou a sentir lesão muscular, saiu, dando lugar a João Pedro.
Por volta dos 28’, após uma bobeira defensiva dos visitantes, Pedrinho finalizou da esquerda, o goleiro salvou. O mesmo Pedrinho vacilou numa saída de bola defensiva e Lucão ficou com a sobra, livre, mas não soube finalizar.
Empate justo na primeira etapa com poucas emoções.
*
Rodrigo trocou no vestiário; saiu Vico, que pouco rendeu, entrou Catatau. Mais correria e mais jogo ofensivo de parte a parte, melhor de ver na segunda etapa.
Aos 4’, falta na entrada da área baiana, Lucas Arcanjo salvou a cobrança, rebatendo. Aos 10’, do outro laldo, Catatau ajeito de peito e Ruan, de frente, na grande área, perdeu. David criou boas chances aos 15, 18 e 20, mas finalizou mal as três.
- Gol ! 1 x 0 CRB. Escanteio da direita, desvio na linha do primeiro poste e o veterano zagueiro Gum, que tinha acabado de entrar, empurrou, aos 27’. Mas, não demorou muito ...
- Gol ! 1 x 1 , aos 31 minutos. Num bolo de jogadores na área alagoana disputando a bola no chão, o árbitro viu pênalti de Páscoa em David. Samuel bateu bem, forte, no canto, e empatou.
As duas equipes não se acomodaram, partiram em busca do triunfo. Aos 40, quase Catatau desempatou de cabeça, a bola caprichosa raspou o poste. Aos 48’, Lucas Arcanjo evitou o gol alagoano do outro lado. Deu empate. Mais que justo. Melhor para os visitantes, claro.
*
Destaques
No Vitória, a correria de David, lampejos de Catatau, bom primeiro tempo ofensivo de Pedrinho.
O CRB mostrou uma meninada aplicada e bem treinada, deu testa.
*
Escalações
- Vitória : Lucas Arcanjo, Raul Prata (Cedric), Marcelo Alves, Wallace e Pedrinho; Gabriel Bispo, Rend (João Pedro), Ruan (Valter); Vico (Catatau), Samuel e David. Treinador, Rodrigo Chagas.
- CRB de Alagoas : Diogo Alves, Luca Caio, Diego, Everton Páscoa, Callyson, Romão; Jorge, Regis, Olivio, Dudu, Lucão. (entraram ainda Gum, Hyuri, Reginaldo, Luigi, Jatobá). Treinador, Roberto Fernandes.
Arbitragem do Rio Grande do Norte, Pablo Ramon Gonçalves no apito.
**

Foto: EC Vitória