DELÍRIOS FUTURISTAS

         



Por Henrique Ribeiro
A ÁGUA
No meu sonho de perder o sono, a água está cada vez mais rara, o banho
que era semanal já passou a ser mensal. O Rio S. Francisco se tornou
um riacho, mas acho que logo estará seco. O sistema Cantarreira não
canta e nem conta vantagem...secou. A água é um artigo de altíssima
grandeza e primeiríssima necessidade. No nordeste, mas especificamente
em Salvador, onde a água acabou, acaba de ser criado o Museu de Vidro
onde se expõe as amostras de águas de diversos rios desde a água do
ex-Rio Amazonas até o ex-Rio Pardo de Cândido Sales que um dia desagou
no mar em Canavieiras. Aos cientistas couberam dessalinizar e
transformar a água salgada do mar em água potável e purificar a urina
humana transformando-a em água potável...Acordei suado, assustado e
reflexivo...Será que tudo isso vai acontecer ou está acontecendo?
 
A SAÚDE
 
Uma mente curiosa não para de sonhar ou ter pesadelos. A saúde
brasileira sempre foi capenga com falta de recursos ou má distribuição
destes, principalmente na compra de medicamentos desnecessários como
cloroquina, hidroxi-cloroquina e ivermectina sem nenhuma indicação
médica-científica  para o Covid-19. A falta de oxigênio, materiais e
medicamentos nunca foi novidade.
A mortalidade natural e mais frequente sempre foi por doenças
coronarianas e câncer. A nave Covid-19 saiu da China, atravessou o
velho mundo e aterrissou no novo mundo e descobriu no Brasil o solo
propício para sua proliferação de mutantes que logo chega ao
Covid-69....Ai e F...Aqui revelou ao povo brasileiro as deficiências
de seu sistema de saúde onde já morria no mínimo 500 pessoas por dia.
O Covid-19 além de revelar, ampliou a capacidade mortífera do nosso
sistema de saúde para 2000 a 3000 a mais/dia.
Diante do quadro, a fome aumentou e trouxe a baila a piora dos índices
de Tuberculose. O baixo investimento na saúde chama atenção para novos
casos de Doença de Chagas, Poliomielite e até a Lepra reaparece.
A vacina contra o Covid-19 que é a solução, está  contaminada por uma
agenda politica...A vacinação deveria ser em massa, mas ocorre em
conta gotas.
Os pacientes coronarianos e portadores de câncer morrem em casa com
medo do Covid-19 e da transferência de verbas por que o Covid-19 e
prioridade e as outras doenças que esperem, mas não esperam...matam.
Continuo meu sonho na esperança da vacinação plena e completa para que
um dia o Covid-19 vire mais uma gripe e a política de saúde seja digna
a nós pobres brasileiros. Não custa sonhar...por favor não me acorde,
ainda tenho temas para sonhar ou delirar sobre o futuro...
--
Poeta e cardiologista