Oficinas do MAM retomam sua programação a partir de Julho

         



Nomes como Vauluizo Bezerra (foto), Iêda Oliveira, Renato Fonseca e Francisco Barretto irão ministrar os próximos cursos das Oficinas do MAM. Com uma nova proposta na forma e nos conteúdos, as inscrições serão gratuitas, e feitas por meio do site www.oficinasdomam.com.br a partir de 01 de junho. Em formato híbrido (online e presencial) serão abertas vagas para oficinas de processos criativos - tridimensionalidade e performance, o desenho como conceito, em gravura e em arte e tecnologia. No dia 31 de maio, às 16h, será realizado uma live de lançamento dos cursos, no canal do youtube Oficinas do MAM.

 

Ao todo serão quatro cursos voltados para artistas, estudantes de arte ou pessoas que desejam experimentar o fazer artístico contemporâneo. Os módulos serão trimestrais, e as temáticas abordadas irão dialogar diretamente com as exposições que estarão em cartaz no museu. Uma proposta curatorial educativa que colocará em conexão os distintos setores e atividades do MAM: as exposições, o acervo, a mediação, as oficinas, a sala de cinema, entre outros possíveis eventos que poderão ocorrer no local. Ao todo são 50 vagas por curso que serão preenchidas por ordem de inscrição. A programação começa a partir de Julho de 2021.

 

A mudança na forma privilegia a multidisciplinaridade, ao invés das técnicas de linguagens separadas, e estimula a discussão teórica de conceitos em conjunto com a parte prática. Artistas e pesquisadores, que possuem práticas singulares e reconhecidas pelo meio, foram convidados a ministrar os módulos trimestrais, com o intuito de compartilharem seus “processos criativos”. 

 

Localizado no Solar do Unhão, um sítio histórico do século XVII, às margens da Baía de Todos os Santos, o Museu de Arte Moderna da Bahia (MAM-BA) é um grande difusor da arte nacional e internacional, além de ter um papel essencial na formação e qualificação de artistas, e na conservação das obras baianas e nordestinas.

 

O MAM é um dos mais importantes espaços culturais voltados à arte contemporânea do Brasil. Possui um espaço técnico com serviços de conservação, restauro e museologia, oito salas de exposição, uma biblioteca e um teatro. Nas suas dependências podem ser encontradas pinturas, esculturas, fotografias e desenhos de artistas como Tarsila do Amaral, Portinari, Flávio de Carvalho, Di Cavalcanti, Rubem Valentim, Pancetti, Carybé, Mário Cravo e Sante Scaldaferri.

 

O Museu de Arte Moderna da Bahia é um equipamento vinculado ao Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural da Bahia (IPAC)/Secretaria de Cultura do Estado (Secult-BA). O projeto Oficinas do MAM-BA conta com o patrocínio da SICOOB Seguradora e do BANCOOB, através da Lei Federal de Incentivo à Cultura; o apoio do Instituto SICOOB, do Museu de Arte Moderna da Bahia, do IPAC, e do Governo da Bahia; e realização da Trevo Produções, da Secretaria Especial da Cultura do Ministério do Turismo e do Governo Federal.