O Leão derruba Colorado e são três baianos classificados

         



Por Zedejesusbarreto
Grande estreia de Ramon Menezes, um tabu quebrado no Beira Rio, o Nordeste com seis clubes nas oitavas de final da Copa do Brasil e três deles são baianos: Vitória, Bahia e Juazeirense. Parabéns ao futebol baiano, os nordestinos chegando e mostrando força e viva o Nordeste !

*

O primeiro tempo foi do time da casa, que criou e perdeu várias chances de golear. Na segunda etapa, com nova postura tática, o Leão foi pra cima e foi favorecido com a explusão do zagueiro Pedro Henrique aos 7 minutos. Daí em diante só deu Leão, com a equipe baiana sabendo explorar a vantagem, os espaços criados e o cansaço do adversário, atuando com muita vontade, aplicação e boa estratégia de jogo.

Valeu ! Temos três baianos nas oitavas de final da competição, algo inédito. Como é inédita e histórica a presença de seis times nordestinos classificados, seguindo na disputa. Comemoremos.

*

As oitavas da Copa do Brasil

Os que seguem na disputa, estão classificados para as oitavas de final, até agora:

- Os nordestinos Bahia, Juazeirense, ABC, CRB, Fortaleza (que venceu o Ceará, 3 x 0), Vitória, Athlético (PR), Atlético (GO), Atlético (MG), Fluminense, Vasco, Santos, São Paulo, Grêmio, Criciuma ...

Falta a definição de Flamengo ou Coritiba; o time carioca venceu (1 x0) a primeira, no Paraná.

Esse final de competição promete, vai ter muita emoção. Os confrontos sairão em sorteio, a ser realizado.

*

Bola rolando/ Beira Rio

- O Colorado com sua beca rubra e o Leão todo de branco. Noite limpa em Porto Alegre.

O Leão de Ramon Menezes em campo com três zagueiros e os laterais nas alas. O time da casa, inteiro, tentando se impor desde o começo. Aos 4’, jogada de falta, em favor do Inter, bem ensaiada: bola levantada, Galhardo ajeitou de cabeça e Yuri perdeu de cara, batendo por cima.

Aos 12’, Taison recebeu de Moisés e chutou cruzado, rasteiro, a um palmo do rodapé de Lucas Arcanjo. Aos 13’, Patrick entrou livre pela esquerda, bateu cruzado, fora. Domínio gaúcho.

Depois dos 20’, o rubro-negro conseguiu equilibrar no meio campo, saindo mais da defesa, marcando e apertando mais na frente, dificultando o trabalho da defensiva colorada. O Inter já não conseguia chegar fácil na área baiana.

- Aos 35’, Catatau investiu pela direita e acertou chute cruzado que tirou casca na trave, assustando. O Inter respondeu com chute de Galhardo que Lucas Arcanjo espalmou. Na sequência, Taison chutou rasteiro, colocado, mas o goleiro baiano trabalhou bem, mandando a escanteio. Moisés cobrou escanteio e Lucas voltou a espalmar, evitando o gol. Aos 42’, Guilherme recebeu livre pela esquerda e mandou bala, Daniel rebateu, na melhor oportunidade do Leão. Aos 45’, Moisés bateu falta com violência, de canhota, e a bola explodiu na trave baiana. Ufa!

Uma primeira etapa movimentada. O Colorado criou, finalizou mais, mas o Leão mostrou-se bem vivo, não se entregou, brigou, assustou e deixou o jogo aberto para a segunda etapa. O placar construído pelos gaúchos, 1 x 0 no Barradão, favorecia, classificaria o Inter com o empate no Beira Rio. Mas ...

*

Ramon nos vestiários lançou mão de Fernando Neto e David, nos lugares de Mateus e Catatau. Era preciso vencer. Caiu o sistema com três zagueiros, voltou ao 4-3-3. E... vamos arriscar, tentar algo mais ! O Colorado não parecia satisfeito com o 0 x 0, um risco, e tentou manter o ritmo, buscando também o ataque.

- Aos 5’, Pedro Henrique entrou duro, deixou o pé alto numa dividida com David no meio campo, levou o segundo cartão amarelo e foi expulso, aos 7 minutos. O Inter com 10, o Vitória com um a mais em campo. Galhardo, atacante, saiu, entrou o zagueiro Cardoso, repondo a zaga. Mais espaços para o time baiano, todo pra cima, então, em busca do triunfo. Mudou todo o panorama. Bora Leão !

- Aos 10’, Samuel tentou de fora, Daniel defendeu. Aos 13’, Lucas Aracanjo arrojou-se nos pés de Sarábia, salvando o gol dos gaúchos. O Leão na correria e a partida ficou animada, perigosa e dramática.

Aos 18’, Ramon foi pras cabeças; tirou o apoiador Pablo e lançou o centroavante Dinei. “Vamo que vamo !” E depois, lançou o menino Dudu. Acertou. Aos 20’, Moisés arriscou de longe, errou o alvo. Aí o bicho pegou.

- Gol ! 1 x 0 Vitória, Samuel, aos 24 minutos. Dinei, que há pouco entrara, mandou um foguete de longe, acertou o travessão, e na sobra Samuel testou para as redes.

Aso 26, blitz rubro-negra, Dinei perdeu, chutou de frente, por cima. Caio Vidal e Maurício entraram no Inter; saíram Yuri e Taison, exaustos. Haja emoção !

- Gol ! 1 x 1 , Johnny, aos 34 minutos. Bola alçada, linha de passe de cabeça, Cuesta testou da esquerda, o americano Johnny completou no meio da pequena área, a defesa baiana pastando.

Mas nem deu tempo pra comemoração dos gaúchos...

- Gol ! 2 x 1 Vitória, aos 35’. Dudu, golaço ! Um tiraço de fora, pegou bem e acertou o ângulo, bonito.

Os gaúchos perdidos, atordodados.

- Gol ! 3 x 1 Vitória. Aos 39’. Guilherme pegou de cabeça uma bola alçada de longe, da direita. Acertou o cantinho.

Saiu Johnny entrou Boschilia, no desespero colorado. Aos 45’, Caio Vidal ainda teve uma chance de diminuir, mas Lucas Arcanjo salvou. Boschilia foi expulso, aos 48’.

Deu Leão ! Ramon Menezes estreou com estrela brilhando. O Leão nunca tinha vencido o Inter no Beira Rio, tabu quebrado.

*

Destaques

Pra começar, a sorte e a postura da equipe, pontos para o treinador Ramon Menezes. Não poderia estrear melhor. Boa atuação do goleiro Lucas Arcanjo, do miolo de zaga, a entrada de Dinei e de Dudu, os gols de Samuel e Guilherme, decisivos, a raça e aplicação tática de todos.

Um Inter irreconhecível, e a expulsão do zagueiro foi crucial.

*

Escalações

- Inter : Daniel, Sarábia, Pedro Henrique, Cuesta, Moisés, Johnny, Edenilson, Patrick, Saraiva, Taison , Yuri Alberto, Galhardo. Treinador, Ramires (Anselmi no banco, porque o titular testou com Covid)

- Vitória : Lucas Arcanjo, Marcelo, Wallace e Mateus; Raul Prata, Pablo, Gabriel Bispo, Soares (Guilherme) e Roberto; Catatau e Samuel. Treinador, Ramon Menezes

No apito, Felipe Fernandes Lima, de MG.

**

Pela Série B, Vitória x Operário, domingo à noite, no Barradão.

No mesmo domingo o Bahia recebe o Internacional, o Colorado, em Pituaçu, pela Série A.

**

Foto: EC Vitória