Rui sugere sabotagem do Ministério da Saúde sobre uso da Sputnik V; governadores enviam ofício ao ministro

         



O governador Rui Costa (PT) sugeriu que o Ministério da Saúde está sabotando o uso das doses compradas pelos estados nordestinos da Sputnik V, vacina russa contra a covid-19.

"Os governadores estão se esforçando, e não é possível que haja uma sabotagem, parece que o Ministério está trabalhando contra", disse Rui, durante transmissão ao vivo nas redes sociais nesta terça-feira (20).

Os governadores do Nordeste enviaram um ofício ao Ministério da Saúde cobrando um posicionamento oficial sobre a inclusão da Sputnik V no Plano Nacional de Imunização (PNI).

"Doses suficientes"

Em declaração na Câmara Federal, o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, disse que a pasta não conta, dentro do PNI, com imunizantes que não tenham obtido aval da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) de maneira definitiva ou emergencial.

"Entendemos que o número de doses já é o suficiente para imunizar a população brasileira até o final do ano”, afirmou Queiroga.

Em junho, a Anvisa autorizou a importação excepcional da Sputnik V. Neste mês, está prevista a chegada de 300 mil doses da vacina à Bahia, quantidade permitida pela agência fiscalizadora. Ao todo, são 9,7 milhões de doses para o estado.

Já para região Nordeste, são previstas, ao todo, 37 milhões de doses da vacina russa contra a covid-19.
Do BNews