Adolfo Menezes diz que Lula foi o melhor presidente que o Brasil já teve





O breve discurso do presidente da Assembleia Legislativa da Bahia (ALBA), deputado Adolfo Menezes (PSD), expressou o carinho e a esperança mostrados na calorosa recepção que os baianos ofereceram ao ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva, na visita que o líder petista fez à Bahia, na tarde desta quarta-feira (25.08).

“O melhor presidente que o Brasil já teve, que nos concede a honra de sua visita nesse momento, é a nossa grande estrela de hoje. Rogo à nossa querida Santa Irmã Dulce dos Pobres que ilumine a sua trajetória nesse instante difícil da vida nacional”, comentou o chefe do Legislativo baiano, sendo calorosamente aplaudido pelos integrantes dos movimentos sociais e indígenas.

Adolfo Menezes criticou o descontrole vivido pela economia brasileira, ressaltando as dificuldades que o elevado custo de vida da atual política econômica do governo de Brasília, comandada pelo ministro Paulo Guedes, tem impingido à população do país. Ele também condenou os ataques às terras indígenas.

Em tom amistoso, Menezes fez ainda uma sugestão ao ex-presidente da República e líder em todas as pesquisas de intenção de votos para o Palácio do Alvorada, para o pleito do próximo ano: “pode escolher esse craque para o seu futuro governo”, brincou Adolfo Menezes, apontando para o governador Rui Costa e exaltando as obras realizadas pelo Governo da Bahia.

O chefe da Alba presenteou o ex-presidente com uma camisa do Esporte Clube Bahia, gravado nas costas Lula 22. “Para você continuar a sua malhação com a senhora Janja”, sugeriu, aludindo a foto do casal que viralizou nas redes sociais, na última segunda-feira.

O “Encontro de Lula com o PT e os movimentos sociais”, que reuniu quase toda as bancadas estadual e federal do campo progressista na Bahia, aconteceu no Auditório Jornalista Jorge Calmon, na sede da Assembleia Legislativa do Estado.

Sentados ao lado de Lula e a namorada Janja, estavam Rui Costa (PT), Adolfo Menezes, os senadores baianos Jaques Wagner (PT) e Otto Alencar (PSD), a presidente nacional do PT, Gleisi Hoffmann, e o presidente da legenda na Bahia, Éden Valadares.