Potencial de voto de Ciro sobe e encosta no de Lula; Bolsonaro é mais rejeitado

         



Pesquisa PoderData realizada nesta semana (30.ago-1º.set.2021) mostra que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) divide a liderança no potencial de votos para as eleições presidenciais de 2022 com Ciro Gomes (PDT). O petista tem um percentual de 55%, contra 51% do pedetista ­­–uma situação de empate técnico, no limite da margem de erro de 2 pontos percentuais.

O presidente Jair Bolsonaro tem um potencial de voto de 35%. Fica 5 pontos percentuais atrás de João Doria. Empata em último lugar com o jornalista José Datena (34%).

© Fornecido por Poder360

Lula tem o maior grupo de pessoas que o consideram como único candidato em que votariam. Ciro cresceu no número de eleitores que consideram votar nele, mas não têm certeza.

© Fornecido por Poder360

Esta pesquisa foi realizada no período de 30 de agosto a 1 de setembro de 2021 pelo PoderData, a divisão de estudos estatísticos do Poder360. Foram 2.500 entrevistas em 472 municípios nas 27 unidades da Federação. A margem de erro é de 2 pontos percentuais, para mais ou para menos. Saiba mais sobre a metodologia lendo este texto.

Para chegar a 2.500 entrevistas que preencham proporcionalmente (conforme aparecem na sociedade) os grupos por sexo, idade, renda, escolaridade e localização geográfica, o PoderData faz dezenas de milhares de telefonemas. Muitas vezes, mais de 100 mil ligações até que sejam encontrados os entrevistados que representem de forma fiel o conjunto da população.

O voto único em Lula caiu 4 pontos percentuais, no limite da margem de erro. Em Bolsonaro, também.

© Fornecido por Poder360

BOLSONARO É O NOME MAIS REJEITADO

A taxa dos que rejeitam votar no presidente permaneceu estável em 1 mês, oscilando de 61% para 60% -variação dentro da margem de erro de 2 pontos percentuais. O atual chefe do Executivo Federal é o nome mais rejeitado entre os analisados.

Logo depois de Bolsonaro estão Datena e Doria, com 56% e 51%.

Datena apresentou aumento de 5 p.p. na rejeição, de 51% para 56%. A rejeição de Lula aumentou 5 pontos percentuais desde o último levantamento e fechou a pesquisa em 39%, abaixo dos oponentes, mas na trave de seu adversário Ciro Gomes, que é rejeitado por 43%.

© Fornecido por Poder360