MPF abre inquéritos contra ex-prefeita de Porto Seguro acusada de fraudar contratos

         



As investigações contra a ex-prefeita de Porto Seguro, Cláudia Oliveira, continuam no Ministério Público Federal na Bahia (MPF).  Agora, o órgão analisa outros contratos suspeitos feitos pela gestora durante o período em que ela esteve à frente da cidade. 

Serão investigados contratos celebrados com as empresas Terraplanagem e Loc, Ébano Derivados de Petróleo, Comercial de Alimentos Buranhém e HN Const. Civil.

As investigações contra a ex-gestora começaram em 2017 para apurar fraudes milionárias em contratos públicos celebrados entre os anos de 2008 e 2017, em prefeituras do sul do estado.

Em junho deste ano, Cláudia e José Robério Oliveira, ex-prefeito de Eunápolis, foram presos durante a Operação Fraternos. Já Agnelo da Silva Santos, prefeito de Santa Cruz Cabrália, foi afastado do cargo por 180 dias.

Do BNews

Fot: reprodução YouTube