Fábrica de Qboa passa a operar em Feira de Santana





Líder de mercado há 70 anos nas categorias de água sanitária e alvejante com cloro, a Indústrias Anhembi entrará em operação no município de Feira de Santana a partir do dia 1o de outubro. A nova fábrica, que ocupará um terreno de 10 mil metros quadrados na região do Novo Horizonte, substituirá a unidade que durante muito tempo funcionou no Centro Industrial de Aratu, em Simões Filho, produzindo água sanitária e alvejantes clorados da marca Qboa, além de outros produtos de limpeza como amaciante, multiuso e tira manchas. A marca é reconhecida por sua tradição, confiança e qualidade e está entre as mais vendidas no Brasil.

A escolha por Feira de Santana para sediar a nova unidade decorre da localização estratégica do município para alcançar os principais mercados consumidores do Nordeste do país. Além disso, a mudança tornou-se necessária para viabilização do projeto da Anhembi de modernizar o seu parque fabril, aumentando a produção em mais de 60% e melhorando a logística junto aos fornecedores de insumos para fabricação dos produtos da marca.

Como consequência, a nova fábrica ampliará também os postos de trabalho, trazendo a oportunidade de absorver os colaboradores que atuavam em Simões Filho e que expressaram o desejo em compor o novo time. No total, de acordo com o diretor executivo da Anhembi, Samuel Noronha, a nova fábrica vai gerar aproximadamente 150 empregos diretos e indiretos.

Decisão estratégica

Ao justificar a decisão de mudança da fábrica para Feira de Santana, o diretor Samuel Noronha ressalta especialmente o que esta nova localização pode proporcionar em termos de adequação logística: “ A região Nordeste concentra mais de 30% do consumo de água sanitária do Brasil e , diante desta constatação , entendemos que teríamos que nos adequar frente a essa alta demanda. Adicionalmente, a região de Feira de Santana possui um hub rodoviário que facilita o escoamento de nossos produtos , não só par a todo o Nor deste , mas , também, para algumas regiões do Centro -Oeste e Norte do país”, afirma.

 

O executivo Samuel Noronha complementa que a água sanitária Qboa apresentou crescimentos expressivos neste período da pandemia, confirmando a força da marca e seu compromisso em entregar produtos de qualidade e com eficácia comprovada. Um resultado que, segundo a empresa, só respalda a decisão da Anhembi de querer ampliar o seu parque fabril e garantir um suporte operacional mais condizente com as necessidades do mercado, o que resultou em um investimento da ordem de R$25 milhões, segundo informa o diiretor.

Uma empresa de 74 anos

A Anhembi tem 74 anos de atuação no país. Sua história começou com uma primeira unidade industrial em São Caetano do Sul (SP) . Na década de 1970, a empresa expandiu para o mercado do Nordeste com a abertura da unidade de Simões Filho (BA). Com a expansão da marca por todo país nos anos 1990, a Anhembi migrou sua operação de São Caetano para a cidade de Osasco (SP), em uma nova unidade fabril, com equipamentos e processos mais modernos, onde permanece até hoje, fabricando produtos das marcas Qboa e Super Candida.

No total, a companhia possui, espalhados por todo o país, cerca de 150 mil pontos de venda, de sua extensa linha de produtos, que contempla, além dos clorados como Água Sanitária, Alvejantes e Limpeza Pesada, também itens não clorados como Amaciantes, Tira Manchas e Multiusos, reforçando que a Qboa é uma marca de limpeza com qualidade testada e aprovada pelos consumidores.

Qboa e a evolução

A água sanitária Qboa surgiu no mercado brasileiro em 1947 como uma solução prática e eficiente para os serviços de higienização doméstica. Seu frasco, na época, em vidro, encantava os consumidores por sua qualidade e inovação. A partir da década de 1960, o produto iniciou um processo de modernização que prossegue até hoje. O vidro foi substituído pelo plástico, enquanto a marca sofreu atualizações. Mais recentemente, a embalagem de Qboa passou por uma mudança radical, ganhando um frasco mais anatômico, bolinhas antiderrapantes e bico de dosagem. Hoje, a Qboa deixou de ser apenas água sanitária para dar nome a toda uma categoria de produtos de limpeza.