Leandro Guerrilha defende sistemas móveis de vacinas contra Covid nas comunidades





O vereador Leandro Guerrilha (PL) defendeu que sejam implantados nas comunidades de Salvador sistemas móveis de vacinação contra a Covid-19, para o atendimento de jovens nas escolas e pessoas com dificuldade de locomoção. Um ofício já foi encaminhado, nesta manhã, para o prefeito Bruno Reis (DEM) para autorização de um estudo de viabilidade técnica.


“A ideia é fazer postos avançados, campanhas, plantões para levar a vacina à comunidade. Se os jovens não vão até a vacina, vamos levá-la para eles. Por exemplo, nas escolas, incentivando, inclusive, o retorno desses alunos às aulas presenciais. Esse é o projeto: vacina nas comunidades, nas associações, igrejas, onde tiver estrutura para que a vacina chegue ao maior número de jovens. Se não tiver escola, o apoio de uma unidade do Samu para ir no lugar que não tem base fixa”, explicou.


Segundo o presidente da Comissão de Ação Social e de Pessoas com Deficiência da Câmara Municipal de Salvador, o objetivo é facilitar a vida das famílias durante a pandemia e intensificar a vacinação na capital baiana. “Muitos jovens têm dificuldade de locomoção, seja pelas características de segurança locais em Salvador - têm até receio de ir em determinada localidade pra tomar vacina -, seja pela falta de recursos também para pagar o transporte. Idosos e deficientes, na sua maioria, também não dispõem de meios e recursos para se locomoverem até os postos de vacina”, pontuou Leandro Guerrilha, ressaltando que também encaminhará um ofício ao governo do Estado.