Detran-BA participa de evento que discute segurança e responsabilidade no trânsito





Reduzir os números de vítimas de trânsito e ampliar a consciência coletiva sobre a importância do respeito à legislação além do exercício diário da empatia para fazer valer o direito de todos, nas vias. As temáticas permearam as discussões durante a terceira edição do Colóquio Trânsito e Vida, realizado na quinta (18) pela Fenasdetran (Federação Nacional das Associações de Detran) com apoio do Detran-BA. 

O evento realizado através de modalidade híbrida com participação de palestrantes  presenciais e on line, reuniu especialistas e estudiosos no assunto, em Salvador. O colóquio integra a programação alusiva ao Dia Mundial em Memória às Vítimas de Trânsito, que será celebrado no domingo (21), com o lançamento da pedra fundamental do Monumento, durante ato ecumênico no Dique do Tororó, às 10 horas, na capital baiana. 

Na abertura, o chefe de gabinete do Detran, Francisco Américo , conclamou os participantes  ao desenvolvimento de atitudes de preservação da vida no trânsito, aumentando a atenção nas vias. “O Detran da Bahia junto com outros estados tem trabalhado para a construção de estratégias visando a redução do número de acidentes, a partir do acompanhamento e atualização das estatísticas”. 

No último ano, a elevação do número de acidentes fatais  envolvendo pedestres, motociclistas e também ciclistas, acende um alerta para que novas ações sejam desenvolvidas visando ampliar o conhecimento e o respeito ao Código de Trânsito Brasileiro (CTB). “A nossa consciência é fundamental para que possamos assumir novas posturas”, destacou Mário Conceição, presidente do Fenasdetran. 

Participaram na modalidade presencial o especialista em educação Joaci Góes, a consultora Maribel Barreto, o superintendente da Transalvador, Marcus Passos, o advogado Danilo Costa, presidente da comissão de Direito de Trânsito da OAB-BA e o representante da Bloomberg Salvador, Fernando Coelho.