Lula fala em regular redes sociais e chama Bolsonaro de mentiroso





Em entrevista durante a sua viagem pela Europa, o ex-presidente Lula afirmou que o atual Jair Bolsonaro chega a mentir "5 vezes por dia" nas redes sociais, e que esta facilidade em disseminar conteúdos falsos provoca a necessidade de se regulamentar o ambiente digital.

“Vamos ter que regulamentar as redes sociais, regular a internet, colocar um parâmetro”, disse o petista, no desfecho da sua viagem internacional, que já foi criticado por defender também a regulamentação da imprensa.

“Uma coisa é você utilizar os meios de comunicação para informar, educar. Outra coisa é para fazer maldade, para contar mentiras, causar prejuízo", acrescentou em conversa com o S&D, grupo Socialista e Democrata do Parlamento Europeu.

Para Lula, é preciso que todo o avanço tecnológico não seja utilizado para o "mal".

Outro ponto polêmico citado por Lula foi a taxação das plataformas digitais e também dos aplicativos, que segundo ele hoje "ganham uma fortuna" sem que nada seja revertido para o Estado. As informações são do Poder360.

“Hoje, por exemplo, os donos dos aplicativos no mundo inteiro não pagam nem impostos, estão quase todos em paraísos fiscais. Ganham uma fortuna e não pagam sequem imposto em nenhum Estado”, afirmou. “Não é possível. Essa gente tem que ter responsabilidade", concluiu.

Acostumado pelos ataques de diversos setores toda vez que sugere o debate pela regulamentação da mídia, Lula disse que é preciso que a esquerda perca o medo de discutir novas soluções.

“Eu acho que a esquerda não tem que ter medo de debater sistemas, por mais difíceis que eles pareçam. A solução é o debate e a solução é a saída democrática", resume.
Com BNews