Olavo de Carvalho foge para os EUA em voo que saiu do Paraguai





Internado no Brasil neste segundo semestre e intimado pela Polícia Federal, o escritor Olavo de Carvalho saiu do país e chegou aos EUA, onde reside, sem passar pela imigração. Para pegar um voo até os Estados Unidos sem passar pelas autoridades brasileiras, fez ao lado da esposa uma viagem de carro de São Paulo até o Paraguai, para em seguida pegar um voo de Assunção, capital paraguaia, até Miami.

A esposa do escritor comprou duas passagens para Miami com saída de Assunção em uma agência de turismo, no dia 10 de novembro. No mesmo dia, o escritor saiu do local em que estava internado, o Instituto do Coração do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP (InCor), que registrou sua saída como “evasão de paciente”. O voo para os Estados Unidos aconteceu no dia 13 de novembro.

Olavo de Carvalho havia sido convocado pelas autoridades brasileiras a depor sobre a acusação de ter relação com milícias digitais, além de ter sido alvo de inquérito civil instaurado pela Promotoria de Justiça de Direitos Humanos do Ministério Público de São Paulo, que avaliava se o escritor havia usado o SUS de forma irregular para se internar no InCor.