Datafolha: Nova pesquisa aponta Lula com 48% no 1º turno, seguido de Bolsonaro (22%) e Moro (9%)





Foi divulgada nesta quinta-feira (16) uma nova pesquisa de intenções de voto para as eleições de 2022 pelo Instituto Datafolha. O levantamento foi feito entre 13 e 16 de dezembro e ouviu 3.666 pessoas em 191 cidades do País. Segundo os dados, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) desponta como 48% das intenções de voto, seguido pelo atual presidente Jair Bolsonaro (PL) com 22% e em terceiro lugar o ex-juiz Sergio Moro com 6%. A margem de erro é de dois pontos para mais ou menos.

No cenário A, o petista tem 48%, ante 22% de Bolsonaro, 9% de Moro, 7% do ex-governador Ciro Gomes (PDT) e 4% do governador paulista, João Doria (PSDB). Dizem que votarão em nulo, branco ou ninguém, 8%, e 2% não souberam responder.

No cenário B não há diferença nas posições iniciais: Lula tem 47%, Bolsonaro, 21%, Moro e Ciro, as mesmas intenções do A. Doria fica na mesma, oscilando para 3%.

Entre os nomes alternativos, surgem os senadores Simone Tebet (MDB) e Rodrigo Pacheco (PSD) com 1%, e sem pontuar o senador Alessandro Vieira (Rede-SE), o ex-ministro Aldo Rebelo (sem partido) e o cientista político Felipe d’Ávila (Novo). Nulos/brancos/ninguém e não sabem também repetem o cenário A.

Perfil de eleitorado

Em termos de perfil de eleitorado, poucas mudanças ante pesquisas anteriores. Lula segue com seu melhor desempenho entre os mais jovens (54% no cenário A, 53% no B), menos escolarizados (56% em A e B) e mais pobres (56% e 55%, respectivamente).

Nesse recorte, Bolsonaro tem avaliação homogênea, exceto entre os mais ricos, chegando a 32% e 34% entre quem ganha de 5 a 10 salários mínimos e acima de 10, respectivamente. Moro, por sua vez, estreia com perfil semelhante, só se destacando nesses dois mesmos nichos, com 15% e 17%.

Em termos de região, Lula dispara no Nordeste, com 61% no cenário A e 63%, no B. A região responde por 26% do eleitorado, ficando apenas atrás do Sudeste (44%).

Já Bolsonaro segue com melhor desempenho no Sul (15% do eleitorado), com 27% de intenção de voto no cenário A e 25%, no B, e no Norte/Centro Oeste (16% da amostra), com 26% no A e 25%, no B.

Moro vai um pouco melhor no Sudeste e no Sul, em torno de 12%-13%, mas está no patamar de Doria no Nordeste, com 3% nos dois cenários.
Da Folha