Para Bolsonaro, em fala de Natal, não houve pandemia e mortos no Brasil





O presidente Jair Bolsonaro fez, na noite de sexta-feira (24), um pronunciamento em rede nacional de rádio e TV. Na mensagem de Natal, o presidente afirmou que 2021 foi um “ano de muitas dificuldades”, mas disse esperar que 2022 “seja um ano de esperança, conquistas e realizações”.


Ao lado da primeira-dama Michelle Bolsonaro, não fez nenhuma menção à pandemia, não falou dos mais de 600 mil mortos e nem se dirigiu às famílias enlutadas. O presidente afirmou que a jornada durante o último ano no país foi de “seriedade, dedicação e espírito fraterno no planejamento e na construção de políticas públicas em prol de todas as famílias.”

Ele esteve acompanhado da mulher Michelle que disse: “Não economizamos esforços para apoiar a todos, em especial os mais vulneráveis”, ressaltando que o governo não se afastou do que acredita e defende: Deus, pátria, família e liberdade.