Vereador quer capacitação sobre emergência climática nas escolas





Presidente da Comissão Especial de Emergência Climática e Inovação da Câmara, o vereador André Fraga (PV) apresentou emenda de capacitação sobre emergência climática para profissionais da educação no Projeto de Lei nº 33/2020, de autoria do Poder Executivo, que institui Plano Municipal para a Infância e a Adolescência no Município de Salvador. 

O projeto foi aprovado em sessão ordinária, na quarta-feira (15 de dezembro). Outras duas emendas aditivas foram apresentadas pelo vereador e aprovadas em plenário. 

“Já sentimos os impactos da crise do clima no nosso dia a dia e isso precisa estar cada vez mais inserido na agenda escolar com a promoção de debates e atividades sobre esta temática, além de alinhar o ensino público aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da ONU”, explicou André Fraga. 

 

Pesquisa

 

Como comenta o vereador, cerca de 92% dos brasileiros, entre 16 e 25 anos, apresentaram preocupação sobre o futuro do planeta quando se fala em crise do clima, de acordo com pesquisa internacional financiada pela plataforma Avaaz e realizada com jovens de 10 países, incluindo o Brasil. 

Além de tratar da crise do clima no ensino, André Fraga também pediu incentivos à inovação, com a inclusão dos fundamentos que integram a lógica de programação e microeletrônica, além da inserção de alimentos orgânicos e de base agroecológica na merenda escolar.

“A linguagem de programação será requisito para os profissionais do futuro, além de estimular o raciocínio lógico e melhorar a condição de aprendizagem”, finalizou.