Copacabana: Réveillon com arrastões e pessoas esfaqueadas





O Réveillon na praia de Copacabana, no Rio de Janeiro, foi marcado por 16 minutos de fogos, chuva fraca, arrastões na areia e casos de pessoas esfaqueadas. Em uma tentativa de assalto, um jovem acompanhado da namorada foi golpeado no tórax duas vezes com uma faca de pão. Não há informação sobre o estado de saúde dele, segundo o portal UOL. Devido à pandemia de Covid-19, a festa não era realizada havia quase dois anos.

Até as 2h de hoje (1º), a Secretaria Municipal de Saúde fez 99 atendimentos, dentre os quais dois casos de ferimentos por arma branca.

De acordo com a publicação, mesmo com policiamento ostensivo no calçadão e em torres de controle, a população sentiu falta dos agentes nas areias da praia. Pela primeira vez com câmeras acopladas nos uniformes e com um efetivo 17% superior a 2019, o policiamento não foi o suficiente para inibir assaltantes.
Com Metro1