Deputado Robinson Almeida chama Bolsonaro de “irresponsável”





Engenheiro Eletricista, o deputado estadual Robinson Almeida (PT) chamou, nesta quarta-feira (18), durante sessão extraordinária na Assembleia Legislativa, o presidente Jair Bolsonaro (PL) de “irresponsável” por defender a privatização da Eletrobras. A declaração do parlamentar aconteceu minutos depois do ministro Vital do Rêgo, do Tribunal de Contas da União (TCU), votar contra o processo de privatização da estatal e apontar 6 ilegalidades nos termos propostos pelo governo. O petista também condenou a possibilidade de privatização das usinas de energia nuclear brasileira e lembrou que nenhum país do mundo entrega ao capital privado sua matriz energética, patrimônio estratégico de segurança nacional e para a economia popular.

“Essa revisão do ministro tem que parar o processo de privatização da Eletrobras. O Brasil não pode perder a sua soberania energética. O controle dessa matriz é fundamental pra independência de qualquer país desenvolvido do mundo,  que aqui Bolsonaro quer entregar a iniciativa privada, ao capital internacional”, criticou.

“É uma irresponsabilidade do presidente Jair Bolsonaro  entregar a energia nuclear, ativo estratégico, de segurança nacional, para a iniciativa privada. Nenhum país do mundo entrega seu patrimônio estratégico para a iniciativa privada, nos Estados Unidos a matriz energética é controlada pelas forças armadas por conta do caráter estratégico”, enfatizou Robinson.