Lula teria 46% contra 39% de Bolsonaro no 2º turno, aponta pesquisa





Nova pesquisa Exame/Ideia aponta que, em um eventual segundo turno, Lula tem vantagem de sete pontos em relação a Bolsonaro

Lula venceria Ciro Gomes e João Doria; Bolsonaro empata com o pedetista e venceria o tucano

No primeiro turno, vantagem do petista é de nove pontos percentuais

Em um eventual segundo turno nesta sexta-feira (20), o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) teria uma vantagem de 7 pontos percentuais em relação ao presidente Jair Bolsonaro (PL).

Se o returno das eleições de 2022 fosse hoje, o petista teria 46% das intenções de voto para presidente, enquanto Bolsonaro teria 39%, de acordo com a pesquisa eleitoral Exame/Ideia. No levantamento do mês de abril, a vantagem do petista era maior, de nove pontos percentuais.

A pesquisa ouviu 1.500 pessoas por meio de ligações telefônicas para números fixos e celulares, entre os dias 14 e 19 de maio. A margem de erro é de três pontos percentuais. O levantamento foi registrado no TSE sob o número BR-01734/2022.

Em um eventual segundo turno, além de Bolsonaro, Lula também venceria João Doria (PSDB) com uma vantagem de 48% x 20% e também Ciro Gomes (PDT), 43% x 29%. Entre Ciro e Bolsonaro, há um empate técnico: o pedetista tem vantagem de 39% contra 37%, diferença dentro da margem de erro. Em um cenário entre Doria e Bolsonaro, o presidente tem dez pontos percentuais a mais e venceria por 38% x 28%.

Primeiro turno
No primeiro turno, tanto Lula quanto Bolsonaro tiveram variação negativa de um ponto percentuais e a diferença entre eles continua sendo de nove pontos, com o petista em primeiro lugar.

Cenário I
Lula (PT): 41%

Bolsonaro (PL): 32%

Ciro Gomes (PDT): 9%

João Doria (PSDB): 2%

Simone Tebet (MDB): 1%

Sofia Manzano (PCB): 1%

André Janones (Avante): 1%

Luiz Felipe D’Ávila (Novo): 1%

Ninguém/branco/nulo: 4%

Não sabe: 8%

Vera Lúcia (PSTU), Pablo Marçal (PROS), Leonardo Péricles (UP), Luciano Bivar (União) e Aldo Rebelo (PDT) não chegaram a um ponto.

Cenário II
Lula (PT): 40%

Bolsonaro (PL): 33%

Ciro Gomes (PDT): 8%

Eduardo Leite (PSDB): 3%

Simone Tebet (MDB): 1%

Sofia Manzano (PCB): 1%

Ninguém/branco/nulo: 4%

Não sabe: 10%

André Janones (Avante), Luiz Felipe D’Ávila (Novo), Vera Lúcia (PSTU), Pablo Marçal (PROS), Leonardo Péricles (UP), Luciano Bivar (União) e Aldo Rebelo (PDT) não chegaram a um ponto.

Na pesquisa espontânea, Lula aparece com 34% e Jair Bolsonaro com 27%. Ciro Gomes tem 4%, Moro é citado e chega a 1%, mesma pontuação de João Doria. Sem os candidatos serem citados, 24% dos eleitores dizem que não sabem em quem irão votar, enquanto 6% afirmam que optaram pelo voto nulo/branco ou não votarão em ninguém.
Do Yahoo