Vereador pede tombamento da Lagoa do Abaeté





A Lagoa do Abaeté deveria ser tombada e reconhecida como patrimônio histórico e cultural de Salvador. Isso é o que o vereador André Fraga (PV) propõe no Projeto de Indicação (PIN) 542/2021 destinado à Prefeitura de Salvador.

“O Abaeté é uma das últimas áreas de restinga, dunas e lagoas da capital baiana. É também um local de importância cultural e sagrada, pois recebe atos litúrgicos das religiões de matriz africana e de manifestações culturais e sociais. Apesar disso, o espaço é constantemente assediado pela incorporação imobiliária e por tratamentos de águas e esgoto, comprometendo todo o biossistema ali instalado. O tombamento da lagoa garante a sua preservação futura”, defendeu André Fraga.

Essa não é a única ação do parlamentar em defesa da área. Em fevereiro deste ano, André Fraga protocolou outro PIN, dessa vez o de número 11/2022, solicitando do Governo do Estado a atualização ou revisão do Plano de Manejo das Lagoas e Dunas do Abaeté.

“É um plano criado em 1997 e que está completamente desatualizado, o que dificulta a gestão da unidade de conservação. Nós acreditamos que, se esses dois projetos forem colocados em prática, a gente vai ter mais força para preservar a lagoa da degradação ambiental e da intolerância religiosa”, finalizou.